( "HERÓIS DA FÉ" ) "Participe e diga pela FÉ" !! EU VOU NO ARREBATAMENTO !! Click em SEGUIR !

O BRASIL é de "Jesus"! SEJA UMA VOZ PARA ESTE MUNDO ! Anunciando que: BREVE JESUS VOLTARÁ !!!

EU VOU NO ARREBATAMENTO!!! E VOÇE? (Música Oficial do BLOG autorizado pelo própoio Cantor Lázaro)

CARTA AO LEITOR:

SEJAM BEM VINDOS!... QUERIDO SEGUIDOR E LEITORES DE NOSSO BLOG !... QUERO COM CARINHO DEIXAR BEM AVISADO QUE: INDEPENDENTE DE PLACA DENOMINACIONAL NÓS POSTAREMOS TODO TIPO DE MENSAGENS, IMAGENS E VÍDEOS RELACIONADOS AO TEMA ESCATOLÓGICO DE QUALQUER ORDEM E DE QUALQUER AUTOR SOBRE O TEMA: "ARREBATAMENTO" E TUDO RELACIONADO AO FIM DOS TEMPOS...(Curiosidades e outros). PARA QUE POSSAMOS REFLETIR, PESQUISAR E COM SABEDORIA, COLOCAR EM DEBATE DE FORMA SADIA, TUDO AQUILO QUE PENSAMOS A RESPEITO. E ASSIM PODEMOS COMENTAR E DIZER AQUILO QUE PENSAMOS SEM OFENDER E RESPEITANDO UNS AOS OUTROS, CERTO QUE DE NINGUÉM NASCE SABENDO !... E CLARO QUE SÓ O ESPÍRITO SANTO NOS FARÁ COMPREENDER A RAZÃO DOS FATOS: ASSIM -TRIBUTAMOS A DEUS A HONRA, A GLÓRIA E O LOUVOR !...

Att - Pr. Katzenelson Canuto

QUEM TEM FÉ PARA DOAR, COM CERTEZA TERÁ FÉ PARA RECEBER !...

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AGÊNCIA - 2399
OPERAÇÃO - 013
CONTA POUPANÇA - 22968-5
Você pode fazer com que esse trabalho evangelístico continue. Seja um Internauta Missionário, ajudando a manter esse BLOG e proporcionando o seu crescimento. Você pode fazer a sua doação no valor de R$ 20, R$ 30, R$ 50, R$ 100 ou mais, tornando-se, assim, este auxiliar e levando vida aos que padecem, livrando-os daquilo que tem aprisionado suas vidas ao sofrimento. Queremos continuar a levar a palavra de fé no Deus Vivo a todos os sofredores. E a internet é um grande meio de chegarmos aos lugares mais remotos deste mundo. Hoje, o Ministério EU VOU NO ARREBATAMENTO conta com vários parceiros e estamos adquirindo novos servidores para dar a todos o melhor. Seja um INTERNAUTA MISSIONÁRIO. Nada é mais glorioso do que ganhar almas. Lembre-se: dai, e dar-se-vos-á... "Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes." Salmo 126:6

NAQUILO QUE DEUS TOCAR NO SEU CORAÇÃO PARA DOAR, POR FAVOR NOS COMUNIQUE POR EMAIL - katzenelsondf@gmail.com

E DEUS VOS RECOMPENSARA EM BENÇÃOS!!!

domingo, 27 de novembro de 2011

ABSURDO - Em entrevista, músicos da MPB afirmam ter usado páginas da Bíblia para fumar maconha

Em entrevista, músicos da MPB afirmam ter usado páginas da Bíblia para fumar maconha No último dia 17/11 o apresentador Jô Soares entrevistou em seu programa os músicos, Moraes Moreira, Tom Zé e Henrique Dantas, pelo lançamento do DVD “Filhos de João – Admirável mundo novo”.
Em determinado momento da entrevista, são mostrados depoimentos do filme, em que é revelado que os músicos fumavam maconha com páginas da Bíblia.


Terra Nova mencionou em sua postagem no microblog a opinião favorável do músico em relação á união entre pessoas do mesmo sexo, expressada na mesma entrevista. O curioso foi a confusão feita pelo líder do Ministério Internacional da Restauração ao se referir à Bíblia como “carta magna”, termo usado juridicamente para se referir à Constituição Federal.
A citação ao fato que envolveu a Bíblia e o uso da maconha pelos músicos, acontece em torno dos 29 minutos da entrevista, que pode ser conferida na íntegra no vídeo abaixo:



fonte - gospel +

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

ABSURDO - Rob Bell e estudioso afirmam que a punição eterna no inferno não existe

Rob Bell e estudioso afirmam que a punição eterna no inferno não existe Edward William Fudge, o autor de The Fire That Consumes: A Biblical and Historical Study of the Doctrine of Final Punishment (O Fogo Que Consome: Um Estudo Bíblico e Histórico da Doutrina da Punição Final), é um defensor da visão aniquilista do inferno. Ele acredita que o inferno é real e as pessoas são torturadas no inferno. Mas diferentemente da visão tradicional, ele sustenta que a dor é temporária e aqueles no inferno eventualmente cessarão de existir.
“Isso tem a ver com o caráter de Deus e a maneira que as pessoas veem o caráter de Deus”, explicou Fudge para o The Christian Post na quarta-feira. “O Deus que ama o mundo tanto que Ele deu seu único filho para que os crentes não perecessem mas tivessem a vida eterna vai então voltar e atirar bilhões deles dentro de algo que é como um lago de lava vulcânica e fazer assim de maneira que eles não morram, e que eles enfrentem isso para sempre”.
“Isso não parece o Deus que eu conheço e vejo em Jesus Cristo”, afirmou ele.
O Fogo Que Consome, o livro de 442 páginas com cerca de 1000 notas de rodapé, foi primeiramente lançado em 1982. O livro, que é considerado um livro de leitura obrigatória pelos teólogos e estudiosos do inferno, apenas marcou o lançamento de sua primeira edição há poucas semanas atrás.
Fudge que é um advogado e ex-ancião nas Igrejas de Cristo, diz que ele não leu o livro controverso de Rob Bell, O Amor Vence, e não vê a necessidade para isso. Mas ele leu “sérias análises por pessoas de mente soberba” sobre o livro e diz que ele concorda com Bell que a visão tradicional que um não salvo tem que ser sujeitado à tortura pela eternidade contradiz com o entendimento de um Deus de amor.
Dezenas de passagens na Bíblia, Fudge afirma, sustenta sua posição de que a vida eterna é presente de Deus somente para os crentes. Em John 3:16, por exemplo, diz “todo aquele que nele crê não perecerá mas terá vida eterna”. Esse versículo famoso somente promete a vida eterna para aqueles que acreditam em Jesus, mantém o defensor do aniquilismo.
E em Romanos 6:23, o Apóstolo Paulo diz que “o salário do pecado é a morte, mas o presente de Deus é a vida eterna”.
Todas as vezes que a palavra imortalidade é usada no Novo Testamento sobre as pessoas, o estudioso diz, está sempre falando sobre os salvos, tais como em I Coríntios 15.
“Isso (imortalidade) nunca é usada para os perdidos. Porque os seres humanos existem somente enquanto Deus os dá a vida. Se os ímpios são crescidos não imortais… então não há nenhuma base na qual eles podem continuar a existir para sempre”, disse Fudge.
é importante para todo o Cristão pensar cuidadosamente através do que acontece no inferno, disse o respeitado autor, porque os crentes devem ensinar a palavra de Deus corretamente.
“Se pretendemos falar de Deus, precisamos ser bem cuidadosos e tentar ser precisos no que nós representamos do que Deus está dizendo”, disse ele. “Eu acredito que a visão tradicional é um terrível escândalo contra a natureza de Deus por si só”.
Estudiosos cristãos notáveis que também sustentam a mesma visão que Fudge sobre o inferno incluem: F.F. Bruce, um estudioso bíblico que é considerado um dos fundadores do entendimento evangélico moderno da Bíblia; e NT Wright, um estudioso líder em Novo testamento e ex-bispo de Durham na Igreja da Inglaterra, entre outros. John Stott, um clérigo anglicano e um líder do movimento evangélico mundial, pediu por uma consideração dessa visão.
A terceira edição de O Fogo Que Consome está expandida para conter os argumentos dos 12 tradicionalistas.
Fonte: The Christian Post

O que é o “Cair no Espírito Santo”? Pastores analisam fenômeno e dizem se é de Deus ou não

O que é o “Cair no Espírito Santo”? Pastores analisam fenômeno e dizem se é de Deus ou não A polêmica em torno do fenômeno “cair no espírito” tem movimentado pastores e teólogos. Os que defendem a prática, afirmam ser o momento de maior intensidade na comunhão com o Espírito Santo, enquanto os que condenam esse movimento, o classificam como modismo.
O site The Christian Post publicou a opinião do apologist Johnny T. Bernardo, do Instituto Nacional de Pesquisas Religiosas (INPR Brasil), para quem o “cair no espírito” é uma novidade que ainda não foi assimilada por todas as correntes evangélicas, e encontra resistência até nas próprias igrejas pentecostais. “São características esporádicas, presentes em igrejas de pouca formação teológica e que supervalorizam o ‘místico’ e o ‘sobrenatural’”, afirma Bernardo
As pessoas de origem latina são tão sugestionáveis quanto as de origem anglo-saxônica, no ponto de vista do estudioso. “São características individuais e que variam de igreja para igreja, e de país para país”.
Para exemplicar, ele cita igrejas de Nova York que adotaram a prática como doutrina e afirma que no mesmo país e cultura, há as igrejas que optaram pelo neopentecostalismo mais leve, com louvores e estudos bíblicos. “Trata-se, pois, de um fenômeno global, e não apenas regional”.
O movimento começou em igrejas que adotaram o sistema de células, e nessas igrejas, “cair no espírito” passou a ser uma demonstração de comunhão com Deus. Uma das igrejas pioneiras é a Comunidade Cristã do Aeroporto, na cidade de Toronto, no Canadá. Essa igreja, inclusive, foi citada pela reportagem da TV Record sobre o tema. A Comunidade Cristã do Aeroporto ficou mundialmente famosa pelo “cair no espírito” e pela “unção do riso”.
O Pastor Paul Gowdy, que participou da fundação deste movimento na Comunidade Cristã do Aeroporto, hoje acredita que essa prática não é correta. “Assim que Deus abriu meus olhos, vi que precisava tomar uma providência. Não creio mais nessas coisas. Hoje vejo como uma coisa macabra. Hoje eu acredito que esse espírito é um falso espírito, um espírito enganador”.
“Não se pode limitar o limitar o poder de Deus. Claro que ele pode derrubar uma pessoa, mas isso não pode ser uma condição para a manifestação do Espírito Santo”, pondera o Pastor Ciro Zibordi, que também é escritor.
O Gospel+ fez uma enquete em sua página no Facebook. Se você tem um perfil na rede social, pode participar e deixar sua opinião. Clique nesse link para votar.
Fonte: Gospel+

Após polêmica reportagem sobre o “cair no espírito”, casos de profissionais da Record que deixaram a emissora por falta de profissionalismo vem a público

Após polêmica reportagem sobre o “cair no espírito”, casos de profissionais da Record que deixaram a emissora por falta de profissionalismo vem a público A reportagem sobre o “Cair no Espírito” parece ter aumentado a crise entre os profissionais da TV Record, diversos funcionários da emissora ligada a Igreja Universal estariam pedindo demissão ou denunciando problemas internos. O jornalista Carlos Dorneles, considerado um dos mais experientes da televisão, teria pedido demissão da emissora, por estar insatisfeito com o conteúdo e os rumos que o departamento de jornalismo estaria tomando.
Porém, Carlos Dorneles não é o único insatisfeito com a situação. Segundo informações do colunista Ricardo Feltrin, do jornal Folha de S. Paulo, outros profissionais que também possuem larga experiência estariam incomodados com a situação. “Não estou fazendo jornalismo, estou fazendo entretenimento”, teria declarado um dos insatisfeitos, que preferiu não ser identificado.
Informações dos bastidores da emissora afirmam que o editor Rafael Gomide, responsável por programas como “Câmera Record” e “Repórter Record” seria o grande responsável pelos conteúdos veiculados para atacar igrejas neopentecostais.
Paulo Henrique Amorim, apresentador do programa “Domingo Espetacular”, teria tido um grande desentendimento com Gomide durante as transmissões dos Jogos Panamericanos. “Comigo você não mexe”, afirmou Amorim, em resposta a Rafael Gomide. Diversos outros jornalistas teriam deixado a Record nos últimos meses, inclusive colunistas do portal R7.
O Dorneles em nota afirma que não pediu demissão, mas reconhece que fez reunião com a diretoria de jornalismo da Record pedindo mudanças na forma de trabalho. Ele também afirma que não há qualquer insatisfação com a queda de audiência do Jornal da Record.
José Luiz Datena, que recentemente protagonizou uma turbulenta troca de emissoras, havia saído da Band para retornar à Record, porém, apenas 43 dias depois, pediu demissão alegando impossibilidade de trabalhar. “É difícil um jornalista trabalhar sem liberdade”, afirmou Datena que disse ter sido proibido de falar em ser programa sobre pastores e religiosos que cometem crimes. Na época, o Bispo Edir Macedo declarou que iria investigar os motivos da saída do jornalista.
Fonte: Gospel+

Livro aponta danos causados pelas igrejas como responsáveis pelo crescimento do ceticismo

Livro aponta danos causados pelas igrejas como responsáveis pelo crescimento do ceticismo Em pesquisas para seu livro, 10 Answers for Skeptics (10 Respostas para Céticos), o apologista cristão Dr. Alex MCFarland entrevistou diversos céticos e concluiu que a maioria desenvolveu ceticismo por causa de experiências negativas vividas com a religião organizada. “Me compadeço com muitos dos céticos que encontro. Dúvida intelectual é muitas vezes precedida por dor emocional” disse o autor.
“O tipo mais comum de céticos que encontro são pessoas feridas. Muitos foram atingidos pela igreja, religião, ou por outro cristão”, disse McFarland em entrevista ao The Christian Post. Ele acrescentou também que “praticamente todos os céticos que conversou neste livro surgiram de um fundo religioso”.
Em seu livro, o apologista divide os ateus em 10 tipos, entre eles: “O Educado”, que é aquele que tem objeções intelectuais ao cristianismo, “O Tolerante”, que pensa em todas as crenças religiosas como sendo verdadeiras e não aceita conversas sérias sobre a religião, e “O Ferido”, que é alguém que rejeita o cristianismo porque teve uma má experiência com a igreja.
“Circunstâncias pessoais, feridas emocionais, experiências danosas na igreja – para não mencionar ensino público – tudo conspira para levar as pessoas longe da crença em um Deus benevolente, sábio e poderoso” diz McFarland, que é presidente da Southern Evangelical Seminary na Carolina do Norte, ao apontar como uma mistura de laicidade no ensino público e más experiências pessoais, o tem levado muitos a rejeitar a crença cristã.
“A igreja norte-americana, em grande parte, abdicou de seu papel como líder na sala de aula, mídia, Judiciário, mercado, artes e ciências”, completa.
“Evangelismo eficaz para os céticos é provavelmente cerca de 80 por cento relacionamento e 20 por cento evidência persuasiva”, explica McFarland falando sobre a importância da construção de relacionamentos para evangelizar os céticos.
O livro, escrito em parceria com o autor best-seller Dinesh D’Souza é dividido em três seções: A seção I: “Dentro da Mente de um Cético”, dá uma visão geral dos vários tipos de céticos e as experiências de vários apologistas que evangelizam e intelectualmente defendem a fé. Seção II: “Respondendo a céticos”, é dividida em dez capítulos, cada um descrevendo as dez categorias de céticos e mais um capítulo de conclusão. A última seção é um conjunto de apêndices sobre vários temas, inclusive respondendo equívocos comuns sobre o cristianismo e informações sobre as crenças de outras grandes religiões.
10 Respostas para Céticos, que foi lançado em outubro, é um dos diversos livros lançados por McFarland este ano.
Fonte: Gospel+

Petição judicial endereçada a Jesus Cristo é protocolada em vários órgãos governamentais

Petição judicial endereçada a Jesus Cristo é protocolada em vários órgãos governamentais Um funcionário público do Mato Grosso do Sul tomou uma decisão no mínimo inusitada em relação à corrupção: ele protocolou uma “denúncia contra os poderes que existem no Brasil” em vários órgãos governamentais e endereçou a denúncia a Jesus Cristo.
“Excelentíssimo Senhor Jesus Cristo pai eterno e poderoso dos seres humanos que existem nesta terra”. Essas são as palavras que o funcionário público José Luiz de Oliveira usou para se dirigir a Jesus em seu documento, elaborado como forma de protesto a falta de ação da justiça, conforme diz o próprio documento.
Oliveira, também conhecido como “Zé do Itahum” é bacharel em direito, e foi vereador em Dourados na década de 1990. Ele começa a petição dizendo que “é com muita relutância que venho perante o Filho do Senhor afirmar que a política tornou-se a arte de se prostituir”, e completou dizento: “virou-se prostituição e iniciou-se no Poder Executivo passando para o Legislativo e chegou ao Judiciário”.
A petição feita pelo funcionário público apresenta um relato dos casos de corrupção em Mato Grosso do Sul e no Brasil e todos os prejuízos causados aos cofres públicos e a população.
José Luiz de Oliveira protocolou a petição em uma extensa lista de órgãos públicos, entre eles: o Tribunal de Contas, a Câmara Municipal de Campo Grande, Secretaria de Governo de Mato Grosso do Sul, Correios e Tribunais Regional Eleitoral e de Justiça de Mato Grosso do Sul.
Segundo o site Dourado News o ex-vereador pede em sua carta que Jesus Cristo “decrete uma nova lei no mundo em exclusividade no Brasil para que os políticos que cometem crimes de corrupção sejam eliminados da política, tenham seus bens confiscados e doados a entidades e que sejam obrigados a doarem seus órgãos”.
Oliveira afirma no documento que “conforme a Bíblia Sagrada todos os cidadãos são filhos de Deus e deverão ser respeitados para que possa viver em paz com suas famílias”, e termina a petição solicitando que Jesus Cristo tome as providencias necessárias conforme está escrito na Bíblia.
Fonte: Gospel+

Cantor sertanejo Marrone afirma que seu acidente “foi um aviso de Deus para eu parar”

Cantor sertanejo Marrone afirma que seu acidente “foi um aviso de Deus para eu parar” O cantor de música sertaneja Marrone, da dupla Bruno e Marrone, afirmou em entrevista que o acidente que ele sofreu ao pilotar seu helicóptero foi providencial: “O acidente foi um aviso de Deus para eu parar”.
Marrone, que já retomou a carreira e está em tratamento médico devido ao acidente, complementou afirmando que certas atitudes trazem consequências desagradáveis. “A vida é assim, Deus me deu uma freada para colocar nossa cabeça no lugar. Às vezes, a gente está pecando e fazendo coisa errada, então Deus deu uma freada aqui. Só Deus sabe o que faz”, avalia o sertanejo.
O tratamento a que o cantor se submete aborda o lado físico e psicológico. Na ocasião do acidente, o piloto e amigo pessoal do cantor, Almir Carlos Bezerra, teve o pé decepado na queda do helicóptero. “Tive fobia. Estou tomando remédio, continuo cantando e com o tratamento, focando nos dois. Conversei com o médico, psiquiatra, psicólogo e estou 90%. Já fui liberado para fazer shows. Não estou com medo de pegar avião… Já peguei de novo e foi bem tranquilo. Minha família me apoiou muito, e 90% das pessoas entenderam o meu problema”, relatou o cantor Marrone.
Seu parceiro de dupla, Bruno, à época do acidente ficou muito abalado. Segundo a revista Quem, Bruno afirmou que esse ano foi bastante conturbado: “Em 2011 aconteceu muita coisa: o acidente, ele se afastou, voltou, está tudo normal agora. Temos que agradecer muitas vezes”.
Marrone relatou que a volta aos palcos tem feito bem a ele: “Senti falta dos palcos e voltar foi fantástico, estou me sentindo bem. Quando a gente nasce para fazer algo e se afasta, sente falta”.
Fonte: Gospel+

Teólogo católico afirma: Deus não condena ninguém. Nem mesmo Hitler

Teólogo católico afirma: Deus não condena ninguém. Nem mesmo Hitler O teólogo católico Andrés Torres Queiruga, deu uma entrevista polêmica na qual afirma, entre outras coisas, que Deus não condenará ninguém ao inferno, nem mesmo Hitler. Queiruga é acusado pelo clero conservador de heresia por defender a teologia da libertação e o universalismo, ou seja, a salvação final de todas as pessoas, indistintamente.
O teólogo começa a entrevista dada ao jornalista José Manuel Vidal, publicada no site Religion Digital, reconhecendo “que até agora as pessoas se arranjaram bastante bem, com a antiga lógica com que se pensava o mal”. Segundo ele “hoje nos damos conta de que dizer que Deus é onipotente, bom, que nos quer infinitamente e que poderia acabar com o mal no mundo, torná-lo perfeito… mas que não quer, é uma contradição”.
Queiruga diz acreditar que Deus não acaba com mal presente no mundo por não ser capaz de fazer tal coisa: “Se eu pensasse que Deus eliminaria todo o mal do mundo sem que custasse trabalho nenhum, e não o fizesse não poderia afirmá-lo.”
O teólogo fala também sobre o inferno, ele diz acreditar que o inferno não é uma forma de condenação, mas a vida humana sendo arruinada pelo mal usa da liberdade pelo próprio homem: “O inferno, o transfundo do inferno, nos fala de que a vida humana pode se arruinar. Não porque Deus a castigue, mas porque nós, usando mal a nossa liberdade, não acolhendo o amor salvador de Deus, podemos estragar a nossa vida”.
O entrevistador perguntou a Queiruga se Deus condena alguém, e ele foi categórico ao afirmar que não, e que segundo suas teorias Deus não condena nem mesmo a Hitler: “Deus não sabe, nem pode, nem quer fazer outra coisa que não seja amar. Nele não há mais que amor e salvação. De Deus só nos chega salvação: Deus não castiga. Nós podemos nos negar a acolher seu amor, mas pensar que Deus nos castiga, apesar das frases da Bíblia, que devem ser entendidas como formas de se expressar, é um erro”.
Quando indagado sobre sua teoria de que o inferno não existe como lugar de condenação ele responde: “Para mim o inferno é a perda eterna de possibilidades, plenitude e felicidade”.
Para explicar seus conceitos sobre salvação, o teólogo espanhol usa Hitler como exemplo: “Pensemos em uma pessoa que morre. Em um Hitler, mesmo que não goste de falar em nomes próprios porque não temos o direito de julgar… está claro que tem toda uma parte, alguns aspectos, algumas capacidades em seu ser que o fecharam para Deus, por egoísmo, por agarrar-se ao mal. Nessa medida, Deus não pode salvá-lo. Mas, na medida em que esta pessoa mantém bondade, desejo de felicidade, luz… nessa medida, como Deus não quer outra coisa, o salvará.
Sobre os textos bíblicos que apontam para a existência do inferno e possiblidade de condenação, o teólogo compara Deus a uma mãe educando seu filho: “Um exemplo que gosto de dar é a situação de estar caminhando pela rua e ver uma mãe que diz ao seu filho: “Se fizeres isso te mato!”. Não tomemos a frase ao pé da letra, porque a preocupação da mãe não é matar o filho, mas evitar um dano” e completa: “Quanto tempo a Teologia necessitará para compreender que as ameaças divinas que aparecem na Bíblia não são mais que a preocupação do amor de Deus?”
Queiruga encerra a entrevista dizendo: “Eu quero ser um bom teólogo”.
Fonte: Gospel+

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Traficante Nem afirma que não vai para o inferno porque lê a Bíblia e fazia cultos com pastores em casa

O traficante Antonio Francisco Lopes, o Nem da Rocinha, preso na última semana numa blitz da Polícia Militar do Rio de Janeiro, concedeu uma entrevista à Revista Época dias antes de sua prisão. Nessa entrevista, Nem fala de sua crença, de suas ideias a respeito do tráfico e das leis e da sociedade: “Não uso droga, só bebo com os amigos”, afirma Nem.

A entrevista, que a pedido de Nem, não pode ser gravada pela jornalista Ruht de Aquino, foi feita em um campo de futebol, em meio aos boatos de que estava planejando se entregar à Polícia.

Falando sobre religião, o traficante mostra confiança no que entende como certo, e acredita que não irá para o inferno: “Leio a Bíblia sempre, tento impedir garotos de entrar no crime, dou dinheiro para comida, aluguel, escola, para sumir daqui. Faço cultos na minha casa, chamo pastores. Mas, não tenho ligação com nenhuma igreja. Minha ligação é com Deus. Aprendi a rezar quando criancinha, com meu pai. Mas só de uns anos pra cá, comecei a entender melhor os crentes. Acho que Deus tem algum plano pra mim, Ele vai abrir alguma porta. Não vou para o inferno”.

Nem, que entrou para o tráfico quando sua filha, recém-nascida precisava de tratamento médico caro, acredita ser bom pai. “Pergunto a meus filhos todo dia se foram à escola. Sei que dizem que entrei no tráfico por causa da minha filha. Ela tinha 10 meses e uma doença raríssima, precisava colocar cateter, um troço caro, e o Lulu (ex-chefe) me emprestou o dinheiro. Mas prefiro dizer que entrei no tráfico porque entrei. E não compensa”, relata o traficante que tem 7 filhos: “dois me adotaram. Me chamam de pai e pedem minha benção”, e defende-se das acusações de violência: “Não sou o bandido mais perigoso do Rio”.

Mostrando um raciocínio crítico incomum, Nem conta à jornalista sua admiração pelo ex-presidente Lula. “Ele foi quem mais combateu o crime com mais sucesso, por causa do PAC da Rocinha. Meu ídolo é o Lula, adoro o Lula. Cinquenta dos meus homens saíram do tráfico para trabalharem nas obras. Sabe quantos voltaram para o crime? Nenhum. Porque viram que tinham trabalho e futuro na construção civil”, afirma.

Sobre as políticas de segurança do Estado do Rio de Janeiro, disse admirar o secretário José Mariano Beltrame: “Um dos caras mais inteligentes que já vi. Se tivesse mais caras assim, tudo seria melhor”.

Aparentando cansaço da vida que levava, contou que estimulava os que queriam largar o crime. “Bom é poder ir à praia, ao cinema, passar com a família sem medo de ser perseguido ou morto. Queria dormir em paz, levar meu filho ao zoológico. Tenho medo de faltar aos meus filhos. Quero pagar minha dívida com a sociedade”, afirmou Nem, que complementou o raciocínio afirmando que não negocia crack pois essa droga destrói pessoas, famílias e toda a comunidade: “Conheço pessoas que usam cocaína há 30 anos e funciona, mas com o crack, as pessoas assaltam e roubam, tudo na frente. Não negocio crack e proíbo na Rocinha. Eu digo a todos meus que estão no tráfico: a hora é agora. Quem quiser se recuperar, vai para a igreja e se entrega para pagar o que deve e se salvar”.

Defendendo a legalização da Maconha, como forma de acabar com o tráfico, Nem afirmou que em pouco tempo, a legalização ocorrerá: “Acho que em menos de 20 anos a maconha vai ser liberada no Brasil. Nos Estados Unidos, está quase. Já pensou quanto as empresas iam lucrar? Iam engolir o tráfico”. Ele também defendeu a instalação das UPP’s nos morros cariocas, que segundo ele, foi excelente. “O Rio precisava de um projeto assim. A sociedade tem razão em não suportar bandidos descendo armados do morro para assaltar no asfalto e depois voltar. Aqui na Rocinha não tem roubo de carro, ninguém rouba nada, às vezes, uma moto ou outra. Não gosto de ver bandido com um monte de arma pendurada, fantasiado. A UPP é um projeto excelente, mas tem problemas. Imagina os policiais mal remunerados, mesmo os novos, controlando todos os becos de uma favela. Quantos não vão aceitar R$ 100 para ignorar uma boca de fumo?” questiona.

Em sua matéria, a jornalista conta que ao encontrar o traficante, ele conversava com um pastor e pedia que ele o mantivesse informado sobre um rapaz que tinha tido uma recaída: “Pegou ele, Pastor? Não pode desistir. Caraca, ele estava limpo, sem droga, tinha encontrado um emprego… Me fala depois”. Sobre a recuperação das comunidades, Nem defende a ação da igreja, que segundo ele, nunca deve desistir de ninguém: “A igreja não pode desistir de nunca de recuperar alguém”.

Fonte: Gospel+

terça-feira, 15 de novembro de 2011

FENÔMENO - Conheça a história do evangélico Jotta A que emocionou o Brasil ao vencer “Jovens Talentos Kids” do Programa Raul Gil

Conheça a história do evangélico Jotta A que emocionou o Brasil ao vencer  “Jovens Talentos Kids” do Programa Raul Gil O jovem José Antônio, o Jotta A, surpreendeu o Brasil e o mundo desde que começou a participar do quadro “Jovens Talentos Kids” no Programa Raul Gil no SBT. O quadro que tem o propósito de encontrar entre as crianças grandes cantores chegou a sua final no último sábado, e depois de diversas crianças se apresentarem apenas oito foram selecionadas para a fase final do programa.
O menino evangélico Jotta A obtve a maior nota concedida pelos jurados adultos e levou o prêmio de R$ 20 mil em barras de ouro.
O cantor também é comparado a Michael Jackson no ínico de sua carreira no Jackson Five. Um dos integrantes do programa Raul Gil chegou a declarar que Jotta A é muito melhor que Jackson no início de sua carreira. Com uma grande repercursão Existe até um vídeo postado na internet que compara a voz dos dois cantores.
Com toda essa repercursão envolvendo seu nome e o de Michael Jackson a escolha da música da final foi justamente uma das principais da carreira do astro da música pop: “We Are the World”.
Jotta A tem 12 anos e congrega na igreja Assembléia de Deus em Sorocaba e juntamente com o pastor Silas Malafaia e cantores da música gospel como Nani Azevedo, Eyshila e Davi Sacer participará do evento Vida Vitoriosa Para Você em Fortaleza nos dias 19 e 20 de novembro.
Confira abaixo o vídeo da final além da apresentação da música Agnus Dei que elevou o sucesso de Jotta A








Fonte: Gospel+
Com informaçõe de Holofote

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

É JÁ O FIM - Cristãos queimados VIVOS!...Divulguem......Cena chocante.‏


Irmãos, uma cena como esta abaixo até parece invencionice de algum fanático religioso.

Mas, quando paramos para pensar que estas pessoas morreram por causa do sua fé em Cristo Jesus, penso:

1. Nos crentes que não se importam em fazer conhecidas "as virtudes Daquele que nos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" e, portanto, não oram pelas pessoas ainda não alcançadas pelo Evangelho, não investem nos projetos missionários de suas igrejas, sempre alegando que estão sem dinheiro, mas gastam sem medida com o celular novo, o notebook novo e por ái, sem falar nas roupas e adereços; não se interessam pelos missionários, a ponto de sequer escrever-lhes um simples e-mail, mas que estão sempre prontos a repassar aqueles carregados de idiotices de quem não tem o que fazer;

2. Nos crentes que simplesmente deixam de ir à Casa do Senhor porque estão cansados, chateados ou até mesmo porque aquele dia, justo aquele dia de culto era um feriado e muitos resolveram tirar umas férias com Jesus, pois estão cansados de tanto irem à Casa do Senhor;

3. Nos crentes que, mesmo conhecendo as necessidades da Obra de Deus, só pensam em si mesmos, nunca estão prontos para atender o chamado do Senhor para ir e levar a preciosa semente;

4. Nos crentes que cantam verdades nas igrejas, masa que são mentiras em suas vidas;

5. Nos crentes sociais que criaram um evangelho próprio, no qual o que vale é a sua auto-satisfação;

6. Nos crentes que tem uma igreja onde podem ouvir a verdadeira mensagem do evangelho, mas que pouco se importam com ela, preferindo criticar o tempo longo da mensagem, o pregador que só dá indiretas, as acomodações da igreja que não são adequadas, o volume do som, o barulho do mosquito que passou voando na hora da mensagem, o perfurme da irmã do banco da frente que era da sua marca preferida e por aí vai;

7. Nos crentes que pensam que vão para o céu, mas que não querem de forma alguma tirar os pés do "mundão".Enfim, como diria o Sr. Omar, da série "Todo mundo odeia o Cris", "é trágico, muito trágico".
Que a vida cristã de cada um de nós não seja mais um episódio de "Todo crente odeia as coisas de Deus".



você teria coragem?
 Vejam Isto!!!

Agradeçamos a Deus por podermos viver e proclamar a nossa fé.

Merece a atenção e divulgação de todo aquele que professa a fé em Jesus Cristo!!!Um verdadeiro absurdo! Triste demais, mas a pura realidade!
Cristãos queimados vivos por muçulmanos sunitas da Nigéria.
 
Notícias como essa, que deveriam estampar a primeira página dos jornais, são solenemente ignoradas pela grande mídia.
 
Vamos divulgar!!!
 
Divulguem.
Espalhem esta notícia.
Vamos fazer a nossa parte!
 

Editora cristã comprada pela empresa que publica a bíblia satânica emite nota esclarecendo a negociação

Editora cristã comprada pela empresa que publica a bíblia satânica emite nota esclarecendo a negociação Após a publicação da matéria informando a compra da editora cristã Thomas Nelson pela Editora Harper Collins (empresa que publica a bíblia satânica) os representantes da Thomas Nelson no Brasil enviaram à imprensa uma nota oficial informando as circunstâncias da negociação e esclarecendo detalhes da aquisição.
Um site brasileiro de conteúdo cristão publicou informação sobre a propriedade dos direitos autorais da Bíblia Nova Versão Internacional. Segundo este site, os direitos pertenceriam ao grupo que comprou a Editora Thomas Nelson. Para corrigir a informação deste site, foi emitida uma nota oficial pelos representantes da Bíblica Brasil, representante legal da proprietária dos direitos autorais da NVI.
Abaixo, reproduzimos os respectivos comunicados oficiais dos representantes da Editora Thomas Nelson e da Bíblica Brasil.
Aquisição da Thomas Nelson, Inc. pelo grupo editorial HarperCollins
A Thomas Nelson Brasil, uma empresa Ediouro Publicações, recebeu com entusiasmo o anúncio de que o processo de aquisição da Thomas Nelson, Inc. pelo grupo editorial HarperCollins está prestes a ser completado, aguardando apenas a aprovação do acordo pelo governo norte-americano.
O diretor superintendente de Ediouro Publicações, Luiz Fernando Pedroso, está otimista quanto ao desfecho do negócio. “Nossa sócia nesta joint venture, a Thomas Nelson, Inc., sai do controle de um investidor estrangeiro para o de um investidor estratégico que é um dos maiores grupos editoriais do mundo. Nossas perspectivas são muito positivas, pois, em última análise, potencializa a missão da Thomas Nelson Brasil de oferecer livros para uma vida melhor.”
Para Antônio Araújo, diretor da Divisão de Livros da Ediouro, “trata-se de uma grande oportunidade de a Thomas Nelson Brasil ampliar sua participação no mercado de livros cristãos. Ainda estamos aguardando detalhes das negociações, mas cabe lembrar que uma das empresas da HarperCollins nos Estados Unidos é a editora Zondervan, que também cresceu depois da aquisição, cumprindo ainda melhor sua missão de produzir e distribuir literatura cristã de qualidade. O mesmo deve acontecer com a Thomas Nelson, Inc., e a TNB certamente será beneficiada.”
Omar de Souza, publisher da Thomas Nelson Brasil, explica que nada muda na linha editorial ou nos planos da editora. “Tal como a Thomas Nelson, Inc., mantemos nosso compromisso de oferecer livros que proporcionem o desenvolvimento, a motivação e a edificação espiritual das pessoas, sempre a partir de uma orientação cristã e bíblica. Em 2012, publicaremos nossas primeiras bíblias e, pelo menos, sete livros de autores nacionais reconhecidos por seus valores e por sua fé. E assim como a Thomas Nelson Brasil não abriu mão de seus compromissos com essa ética cristã, temos certeza de que a Thomas Nelson, Inc. manterá sua linha editorial.”
Thomas Nelson Brasil é sinônimo de qualidade e excelência editorial, e representa a união entre duas importantes casas publicadoras: as Empresas Ediouro Publicações, um dos maiores grupos editoriais do Brasil, e a Thomas Nelson, Inc., editora norte-americana de prestígio internacional fundada há mais de duzentos anos na Escócia, hoje com sede nos Estados Unidos.
A empresa iniciou suas atividades no país em 2007 com o objetivo de produzir literatura baseada em valores que, de alguma forma, contribuíssem para promover crescimento e bem-estar nas áreas de motivação, espiritualidade, desenvolvimento pessoal e profissional.
Com produção anual de cinquenta a sessenta títulos, a Thomas Nelson Brasil reúne em seu catálogo títulos de best sellers como o educador Augusto Cury, o expert em liderança John C. Maxwell, a bispa Sonia Hernandes, o líder motivacional Max Lucado, a conferencista internacional Stormie Omartian, a cantora Aline Barros, entre outros.
Os livros da Thomas Nelson Brasil contam com a estrutura de produção e distribuição da Ediouro, o que garante produtos de alto nível com presença comercial em todo o território nacional por meio de livrarias, distribuidores e canais alternativos.
O conteúdo de cada título publicado passa por rigoroso processo de seleção, tradução (quando necessária), preparação de texto, diagramação e revisão antes de ser impresso e oferecido ao público, garantindo ao leitor a qualidade, a excelência e os valores que ele espera encontrar nos livros abrigados sob o selo Thomas Nelson Brasil.
Comunicado da Bíblica Brasil:
Esclarecimento sobre a propriedade dos direitos autorais da NVI
Nem a NVI e nem a Bíblica pertencem à Zondervan, à Harper Collins ou à News Corp.
Somos uma entidade sem fins lucrativos que se sustenta através dos licenciamentos de nossos textos, doações e distribuição de Bíblias e porções Bíblicas.
Desde que a NVI foi lançada temos licenciado o texto para diversas editoras. Aqui no Brasil temos como parceiros a Ed. Vida, Mundo Cristão, Geográfica, Solomon, etc.
São mais de 20 licenciados produzindo diversos tipos de Bíblias especiais (para adultos, crianças, idosos, executivos, etc.).
A Biblica é uma entidade resultante da união de duas outras: A Sociedade Bíblica Internacional, entidade cristã evangélica interdenominacional com 202 anos de fundação e a STL (send The Light) maior distribuidora de materiais cristão da Europa.
Há cerca de 4 anos estas duas entidades se uniram e formaram a Biblica que, aqui no Brasil, denomina-se Biblica Brasil.
Estamos em 70 países e em 6 regiões distintas com mais de 50 traduções da Bíblia, dos originais (grego, hebraico e aramaico) diretamente para as línguas locais (como foi feito no Brasil).
Dr. Russel Shedd, prof. Luiz Sayão, Chanceler Carlos Osvaldo e outros expertos, fizeram parte de Comissão de Tradução aqui no Brasil.
Abraços e graça e paz
Mario Barbosa
Diretor Executivo
Biblica Brasil – Sociedade Bíblica Internacional
Fonte: Gospel+

Pesquisa revela que 46% dos brasileiros são favoráveis à pena de morte; Pastores comentam

Pesquisa revela que 46% dos brasileiros são favoráveis à pena de morte; Pastores comentam Uma pesquisa realizada pela CNI/Ibope e publicada pela Revista IstoÉ aponta que 46% da população brasileira é favorável à pena de morte. A pesquisa “Retratos da sociedade brasileira: segurança pública”, que foi divulgada em 19/10, mostrou que 31% defendem totalmente a pena de morte e 15% apenas em alguns casos. A prisão perpétua é uma ideia com mais aceitação que a pena de morte: 69% dos entrevistados são favoráveis.
Repercutindo a divulgação dos dados, o Pastor Marcello Oliveira publicou em seu blog um artigo em que ele relaciona passagens bíblicas que falam da pena de morte. Entre esses textos mencionados pelo Pastor Oliveira, estão Números 35:33 (“Nenhuma expiação se fará pela terra por causa do sangue que nela se derramar, senão com o sangue daquele que o derramou”) e Genêsis 9:6 (“Quem derramar o sangue do homem, pelo homem o seu sangue será derramado; porque Deus fez o homem conforme a sua imagem”).
Rodrigues ressalta porém, que, a questão não deve ser observada apenas pelo lado bíblico, mas também pelo lado social. Segundo ele, a sociedade brasileira não está pronta para lidar com essas questões. “Agora, uma coisa precisa ser dita quanto a um possível estabelecimento da pena de morte no Brasil: nosso país é famoso por ter muitas leis que não são observadas e, quando acontece de uma delas ser aplicada, nunca é para punir os poderosos, bandidos de “colarinho branco” e sim os menos favorecidos.”
Zwinglio ressalta que antes de a sociedade brasileira discutir a pena de morte, é preciso estabelecer padrões mais confiáveis para a Justiça e o Estado. ”O Brasil não é um país sério e maduro para ter em seu rol de leis a pena de morte. Antes de darmos um passo como esse, precisamos de Instituições (refiro-me aos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário) fortes e profundamente comprometidas com a justiça, coisas que ainda estão muito distantes de tais Instituições”, avalia o Pastor Rodrigues.
Fonte: Gospel+

ABSURDO - Judeus fazem piadas ridicularizando Jesus em programas de TV

Judeus fazem piadas ridicularizando Jesus em programas de TV A questão da intolerância religiosa em todo o mundo tem ganhado manchetes todos os dias nos veículos de informação. Com a recente decisão da UNESCO em reconhecer a Palestina como um Estado independente, diversos ministérios pró-Israel nos Estados Unidos se apressaram em manifestarem sua opinião a respeito do assunto, e a principal questão levantada foi se o Israel do século 21 é o mesmo Israel da Bíblia.
Junto a isso, outra polêmica surgiu quando começaram a ser mencionados nesses debates, antigos programas de TV israelenses em que outras religiões são ridicularizadas. Devido ao histórico de perseguição de nazistas aos judeus, qualquer crítica ao judaísmo é tida como violência e intolerância. Segundo o Gospel Prime, uma questão foi levantada: os judeus teriam carta branca para ridicularizar as outras religiões?
O programa Toffee-VeHa-Gorillah mostra um macaco de pelúcia sendo crucificado. Leia abaixo a transcrição do diálogo:
Apresentadora: Olá, este é o programa da Toffee e seu gorila. Hoje vim para falar sobre os destaques da história do povo judeu, desde épocas passadas até hoje. Hoje vamos aprender sobre a crucificação de Yeshua (Jesus). Você já ouviu falar sobre Jesus?
Gorilla: Ouvi dizer que ele foi uma pessoa honrada.
Apresentadora: Não, Yeshua era um inimigo do povo judeu. Ele tentou nos converter todos em cristãos. Embora existam bons cristãos, para os judeus este é um perigo terrível, uma ameaça à paz do povo judeu.
Gorilla: Eu quero reproduzir isso!
Apresentadora: Você sabe mesmo o que é reproduzir? Significa ter relação com um gói (não judeu) algo que nem eu nem você, obviamente, desejamos.
Gorilla: Eu quero que meus filhos possam comer Toblerone e sejam “gói”, isso aqui está muito chato, Toffee! Eu quero viver na Suíça com um gói e comer Toblerone todo o dia!
Apresentadora: Ok, querido, se você ama tanto a Yeshua, então vai querer ser como ele.
(Nesta parte, aparece a legenda: “A Crucificação de Yeshua”).
Apresentadora: Eu sou Judas Iscariotes.
Gorilla: Eu sou Yeshua. Eu quero que vocês todos se tornem cristãos e comam carne de porco e Toblerone. Divirtam-se! Você e os telespectadores em casa também!
Apresentadora: Por causa disso, vou crucificar você! Como você se atreve a pregar isso aos judeus inocentes? (A apresentadora começa a martelar um prego nas mãos do macaco)
Gorilla: Meu Deus, por que me abandonaste?
Apresentadora: Você é um nazista, Yeshua, você é um nazista!
Gorilla: Toffee! Não, Toffee, estou com medo! Eu andei sobre a água, eu transformei grilos em um bolo. Não! Eu não sou Yeshua. Foi um erro. Eu sou Moisés, nosso mestre, não use esses pregos … Toffee, não!
Apresentadora: É somente um, seu covarde …
Gorilla: Nããão! Oh, Oh Deus… Toffee, não! Aaahhhh! Aaahhh! Não, Não, Não…
O programa de televisão israelense “Tonight wih Lior Shlein” também ficou conhecido por suas piadas contra os cristãos, em 2009. Lior Shlein, o apresentador do programa fez pesadas piadas em relação a Jesus: “Cristãos dizem que Jesus andou sobre as águas do Lago de Tiberíades. Mas isso não é verdade! Jesus era tão gordo que tinha vergonha de sair de casa, por isso não podia ir para o lago com roupas de banho… Os cristãos dizem que Jesus era magro, mas estas fotos são falsas. A verdade é que Jesus era gordo desde os três anos. Era um peso-pesado. Ele devia ser enorme, isso se chegou aos 40. Não creio no que diz a igreja cristã!”.
Em um outro episódio do programa, Shlein voltou ao assunto, com piadas sobre a virgindade de Maria, mãe de Jesus: “Sempre negamos algo que a igreja cristã diz a você. Lembram que já negamos que Jesus andou sobre as águas? Veja esse novo clipe: os cristãos dizem que Maria, mãe de Jesus, era virgem. Mas isso não é verdade! Se Maria realmente fosse virgem, então ela não usaria brinquedos eróticos no show da noite com Flávio José! A verdade é que quando Maria tinha 15 anos, ficou grávida de um colega de classe e seus pais queriam colocá-la em um convento. Mas como Jesus não havia nascido ainda, não havia o cristianismo e portanto não havia conventos… então os pais de Maria a deixaram em um estádio de futebol, e Maria passou a noite com o time de futebol de Canaã! Não acredite na Igreja Cristã!”.
Os canais de TV responsáveis pela produção desses programas foram pressionados a se desculparem com os cristãos do país, porém, as restrições a cristãos em Israel continuam acontecendo.
Assista abaixo o vídeo do programa “Tonight with Lior Shlein” com os trechos citados acima:

Fonte: Gospel+

ABSURDO - “Jesus era um comunista”: filme protesta contra a política e cristãos criticam comparação

“Jesus era um comunista”: filme protesta contra a política e cristãos criticam comparação O ator e diretor Matthew Modine produziu recentemente o filme “Jesus was a commie” (Jesus era um comunista) e tem atraído severas críticas ao filme. O filme é um curta-metragem de 15 minutos que não foi lançado comercialmente, e apesar do título polêmico, sugere que os políticos atuais devessem aprender mais com Jesus.
O filme, que foi selecionado para participar em diversos festivais de cinema ao redor do mundo, propõe uma discussão sobre a pobreza, poluição e política no contexto do Novo Testamento. “Embora o título seja propositadamente provocativo, é importante às pessoas entenderem que o filme não é um ataque a Jesus ou à fé cristã e nem mesmo uma apologia ao comunismo. Trata-se de um filme com uma mensagem muito positiva, de responsabilidade e de esperança”, defende-se Modine.
O estardalhaço causado pelo anúncio do filme, aparentemente trouxe adeptos, apesar das críticas. Recentemente, o movimento “Ocupar Wall Street”, que mobilizou milhares de pessoas em Nova York, propôs a discussão sobre a relação entre ricos e pobres, e o movimento se espalhou por diversas importantes cidades do mundo.
O site do filme traz uma declaração sobre os ensinamentos de Jesus e a proposta do filme para o mundo atual: “Sua revolução implicava em uma mudança dramática na forma como as pessoas pensavam. O pensamento progressista e liberal de Jesus se espalhou por todo o Império dominante. Sem exército e sem armas, Ele levou as pessoas a uma nova direção e uma forma mais humana de pensar, com sua filosofia de amor e perdão. Estas são as ideias defendidas neste exato momento pelos protestos em Nova York e por milhares de norte-americanos em todos os Estados Unidos”.
Alguns veículos de notícias compararam o debate com a fase inicial da igreja cristã, que pregava a igualdade entre as pessoas e ajudou a desmanchar as hierarquias impostas pelo Império Romano, que ocupava Israel na época. Os sites cristãos que atacaram o filme e os protestos, afirmam que a revolução proposta no Ministério de Jesus não se tratava de acabar com a desigualdade social.
Na cerimônia de lançamento do filme, Matthew Modine afirmou que o movimento que protestava por mais igualdade social era um movimento autêntico e comparou as ideias do movimento com a história de Jesus: “O movimento “Ocupar Wall Street” não tem uma só voz, um líder. Essa é uma extraordinária demonstração de liberdade civil e de democracia. Mas acho que se houvesse um homem barbudo, de pés descalços falando sobre paz, liberdade, amor e virasse a mesa dos especuladores de Wall Street, ele seria crucificado pela mídia. O prefeito exigiria sua prisão! [Alguns meios de comunicação] iriam incitar o ódio contra ele e declará-lo uma ameaça para o capitalismo”.
De origem familiar religiosa, Modine explica suas preocupações e o motivo de seu filme-protesto: “Estou preocupado com os eventos que ocorrem em todo o mundo. A população chegou aos 7 bilhões. Existe muita fome no mundo. Há escassez de água potável. A poluição ameaça o meio-ambiente. Vemos os desastres dos resíduos nucleares. Mudanças climáticas em todo o mundo… Há tanta confusão, culpa e falta de responsabilidade no mundo de hoje. Muitas guerras e assassinatos usam como justificativa o nome de Deus. Não foi isso o que Jesus ensinou”.
Em um trailer exibido durante o lançamento, uma citação do Teológo e Bispo Católico brasileiro, Dom Helder Câmara reforça o argumento do filme: “Se eu dou comida aos pobres, eles me chamam de santo. Se eu pergunto por que os pobres não têm comida, eles me chamam de comunista”. Dom Helder Câmara, que faleceu em 1999, foi um árduo defensor dos direitos humanos durante o regime militar no Brasil, e era acusado por setores da Igreja Católica de se inspirar nos princípios do marxismo, movimento considerado pela própria igreja como anti-cristão.
Fonte: Gospel+

ABSURDO - Ex-Pastor que criou grupo de ajuda a homossexuais, assume ser gay e afirma que não crê em Deus

Home » Mundo CristãoEx-Pastor que criou grupo de ajuda a homossexuais, assume ser gay e afirma que não crê em Deus Sergio Viula é um dos fundadores do Movimento pela Sexualidade Sadia (Moses). Em 1997, com amigos, fundou o grupo que trabalha com pessoas que buscam orientação para abandonar a homossexualidade.
Viula, hoje com 42 anos, na adolescência teve seu primeiro caso homossexual e aos 16 anos se converteu ao cristianismo em uma igreja neopentecostal e depois mudou-se para uma Igreja Batista, onde aderiu a um programa de restauração e mais tarde foi consagrado a Pastor.
Hoje, Sergio Viula que chegou a casar, ter dois filhos, voltou à homossexualidade e diz ter se tornado um apóstata. “Na verdade, ex-gay não existe, é pura auto-sugestão. Eu comecei a ir à igreja e percebi que os homossexuais não tinham como lidar com suas dificuldades, por falta de orientação das lideranças, então decidi fundar o MOSES. Foi aí que comecei a dizer em momentos oportunos que era ex-gay”, conta Viula.
Sergio, que acompanhava de perto a metodologia aplicada pelo MOSES, afirma que o grupo fazia “lavagem cerebral” e que além de não funcionar, os métodos causam dor aos participantes. “Você tem que se isolar do seu antigo círculo de amigos, começar a se enfiar nas reuniões da igreja, fazer sessões de aconselhamento, orar, jejuar, essas coisas.
Quando acontecia de alguém se envolver com outro homossexual, ele tinha que confessar o que fez. No grupo, basicamente, pensávamos que ser gay fosse pecado, que devia ser confessado e abandonado. Para isso fazíamos proselitismo, aconselhamento, oração, pregação… Recomendávamos certos livros, leitura bíblica, coisas que os crentes geralmente fazem, mas com foco na homossexualidade, sempre demonizando a homo afetividade, infelizmente”, relata o ex-Pastor Sergio Viula.
Em uma viagem à Cingapura, Sergio Viula se envolveu sexualmente com um filipino e resolveu assumir novamente sua homossexualidade, abandonando dezoito anos de envolvimento com a igreja evangélica e seu casamento. “Houve perseguição por parte do MOSES, muita gente ficou em choque. Mas meus filhos nunca criaram problemas”, afirma Viula, que garante que sua filha com 12 anos e seu filho, com 11, mantém um bom relacionamento com seu atual parceiro.
Segundo o Gospel Prime, quando quesiotado sobre o momento atual, em que os assuntos envolvendo o movimento de defesa dos homossexuais tem atraído bastante atenção, Viula ataca um dos principais críticos do movimento, o Pastor Silas Malafaia, e levanta dúvidas sobre sua orientação sexual: “Ele é um idiota! Atua na base da má-fé mesmo, com interesses financeiros, projetos de poder, etc. E diz ele que nunca foi gay, será? Fico muito desconfiado de gente que gasta tanta energia e dinheiro para combater algo que não tenha nada a ver consigo mesma. Entendo heterossexuais que compreendem os riscos da homofobia, mas não entendo heterossexuais que quase surtam só por saberem que os gays estão felizes, saudáveis e produzindo para o país”.
Após assumir sua condição homossexual, Viula foi convidado para ser Pastor em diversas igrejas, incluindo a Comunidade Metropolitana, que é a mais proeminente das “igrejas inclusivas”. Porém, recusou todos os convites, pois segundo ele, o que o fez abandonar o Ministério não foi sua opção sexual, mas sim, ter deixado de acreditar em Deus. “Nem Deus, nem escrituras, nem igrejas passam pelo crivo da razão”, afirma o agora ex-Pastor. “Não me refiro à razão de uma mente brilhante como a de Nietzsche, Darwin, Sartre, Hopkins, Dawkins, etc. Refiro-me à razão de uma mente mediana como a minha. Não posso ir contra mim mesmo e contra aquilo que enxergo tão distintamente. No entanto, defendo a liberdade. Por isso, crer e não crer são coisas que não podem ser controladas, coibidas, exceto quando colocam os direitos humanos em xeque”, conclui.
Em 2010, Viula lançou o livro “Em busca de mim mesmo”, e entre suas histórias, conta que “sair do armário foi a decisão mais acertada” de sua vida e afirma que pretende ser um ativista para que outros gays se assumam, “principalmente aqueles oprimidos por motivos religiosos”. Sobre os homossexuais que buscam ajuda em igrejas ou em programas como o MOSES, Viula é enfático: “Conversão religiosa que não admite sua homossexualidade não merece seu tempo e talento”.
Fonte: Gospel+
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCERIA DE DIVULGAÇÃO :


VÍDEOS:

Loading...

CURIOSIDADES INTERESSANTES - OS SINAIS NO CÉU ( O importante são os FATOS ACONTECIDOS )

OS SINAIS NO CÉU:

- "... Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas." (Lc. 21,25)

> Asteroide atinge ponto mais próximo da Terra na noite desta terça
> Aurora boreal é flagrada no sul dos EUA e surpreende especialistas

> Fenômeno meteorológico cria arco-íris em torno do Sol em Brasília.

> Tempestades solares podem causar catástrofes mundiais.

> Asteroide gigante passará próximo da Terra em novembro, diz Nasa.

> Nasa captura gigantesca erupção solar.

> Imagens da Nasa mostram grande explosão solar.

> Raios já mataram 72 pessoas no Brasil em 2010.

> Cometa Hartley 2 está visível por binóculo no Brasil a partir desta 5ª

> Asteróide "perigoso" passará próximo à Terra em outubro.

> Lua está encolhendo como uma maçã velha, diz estudo da Nasa

> Chuva de meteoros é registrada em várias partes do mundo.

> Chuva de meteoros nesta quinta será espetacular, diz Nasa.

> Meteorito ilumina início de noite em São Paulo.

> Nasa capta imagem de erupção gigante do Sol.

> Meteoro cai e causa clarão em quatro estados dos EUA.

> Mar avança e ameaça residências em cidade de SC.

> Maré sobe 1,5 m e invade ruas e casas em Florianópolis.

> Índices de radiação solar atingem nível máximo em SP.

> Meteorito caiu em um consultório Medico nos EUA.

> Túnel de nuvens é fotografado em praia do Uruguai.

> Luz em forma de espiral é vista no céu da Noruega.

> Chuva de meteoros anual corta o céu dos EUA

> Maior eclipse solar do século só pode ser visto na Ásia

> Baixa atividade do sol intriga astrônomos.

> Asteróide passa de raspão pela Terra, afirmam astrônomos.

> Alinhamento de planetas: Aproxima-se a era de aquários?

> Cometas escuros seriam ameaça à Terra diz revista.

> Hubble fotografa supernova em galáxia anã próxima à Terra

> Colisão com asteróide gigante fez Lua girar 180 graus.

> Tríplice conjunção é o espetáculo celeste do ano.


FONTE - © Últimas e Derradeiras Graças