( "HERÓIS DA FÉ" ) "Participe e diga pela FÉ" !! EU VOU NO ARREBATAMENTO !! Click em SEGUIR !

O BRASIL é de "Jesus"! SEJA UMA VOZ PARA ESTE MUNDO ! Anunciando que: BREVE JESUS VOLTARÁ !!!

EU VOU NO ARREBATAMENTO!!! E VOÇE? (Música Oficial do BLOG autorizado pelo própoio Cantor Lázaro)

CARTA AO LEITOR:

SEJAM BEM VINDOS!... QUERIDO SEGUIDOR E LEITORES DE NOSSO BLOG !... QUERO COM CARINHO DEIXAR BEM AVISADO QUE: INDEPENDENTE DE PLACA DENOMINACIONAL NÓS POSTAREMOS TODO TIPO DE MENSAGENS, IMAGENS E VÍDEOS RELACIONADOS AO TEMA ESCATOLÓGICO DE QUALQUER ORDEM E DE QUALQUER AUTOR SOBRE O TEMA: "ARREBATAMENTO" E TUDO RELACIONADO AO FIM DOS TEMPOS...(Curiosidades e outros). PARA QUE POSSAMOS REFLETIR, PESQUISAR E COM SABEDORIA, COLOCAR EM DEBATE DE FORMA SADIA, TUDO AQUILO QUE PENSAMOS A RESPEITO. E ASSIM PODEMOS COMENTAR E DIZER AQUILO QUE PENSAMOS SEM OFENDER E RESPEITANDO UNS AOS OUTROS, CERTO QUE DE NINGUÉM NASCE SABENDO !... E CLARO QUE SÓ O ESPÍRITO SANTO NOS FARÁ COMPREENDER A RAZÃO DOS FATOS: ASSIM -TRIBUTAMOS A DEUS A HONRA, A GLÓRIA E O LOUVOR !...

Att - Pr. Katzenelson Canuto

QUEM TEM FÉ PARA DOAR, COM CERTEZA TERÁ FÉ PARA RECEBER !...

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AGÊNCIA - 2399
OPERAÇÃO - 013
CONTA POUPANÇA - 22968-5
Você pode fazer com que esse trabalho evangelístico continue. Seja um Internauta Missionário, ajudando a manter esse BLOG e proporcionando o seu crescimento. Você pode fazer a sua doação no valor de R$ 20, R$ 30, R$ 50, R$ 100 ou mais, tornando-se, assim, este auxiliar e levando vida aos que padecem, livrando-os daquilo que tem aprisionado suas vidas ao sofrimento. Queremos continuar a levar a palavra de fé no Deus Vivo a todos os sofredores. E a internet é um grande meio de chegarmos aos lugares mais remotos deste mundo. Hoje, o Ministério EU VOU NO ARREBATAMENTO conta com vários parceiros e estamos adquirindo novos servidores para dar a todos o melhor. Seja um INTERNAUTA MISSIONÁRIO. Nada é mais glorioso do que ganhar almas. Lembre-se: dai, e dar-se-vos-á... "Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes." Salmo 126:6

NAQUILO QUE DEUS TOCAR NO SEU CORAÇÃO PARA DOAR, POR FAVOR NOS COMUNIQUE POR EMAIL - katzenelsondf@gmail.com

E DEUS VOS RECOMPENSARA EM BENÇÃOS!!!

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Estevam Hernandes afirma: “Minha emoção em uma marcha [para Jesus] é a mesma do arrebatamento da Igreja”

Estevam Hernandes afirma: “Minha emoção em uma marcha [para Jesus]
 é a mesma do arrebatamento da Igreja” A Marcha Para Jesus, maior evento cristão do mundo, está próxima. A menos de uma semana do evento, a expectativa e os preparativos estão a todo vapor. Após o café da CIEAB desta quarta-feira, 27 de maio, que aconteceu no Espaço renascer, bairro da Mooca, em São Paulo (SP), foi realizada coletiva de imprensa sobre a marcha.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Na coletiva, compareceram o apóstolo Estevam e bispa Sônia Hernandes, bispa Fernanda Hernandes, bispo Gê, vereador de São Paulo Marcelo Aguiar (PSC), e apóstolo Sardinha. Confira:
Dificuldade para unir os ministérios no início
Ap. Estevam Hernandes – “Encontramos dificuldades porque nós convivemos com o problema da desconfiança. As pessoas precisavam ver acontecendo para aderir. Nunca houve resistência do povo, e sim da liderança, mas isso caiu por terra e hoje somos unidos no mesmo propósito”.
Bispo Gê – “O legal da união dos ministérios é que o senador Marcelo Crivela (PRB-RJ), que é da Universal do Reino de Deus, foi quem criou a lei que instituiu o dia nacional da Marcha para Jesus”.
Custos, verba e auxílio da prefeitura
Marcelo Aguiar – “O que a prefeitura faz são as licitações de palco, som, mais nada além disso. Alguns anos conseguimos coisas melhores, em outros, nem tanto. Esse ano, por exemplo, o palco é excelente. Também temos apoio da secretaria de transportes, e da Endurb na limpeza”.
Ap. Estevam Hernandes – “Não há nenhuma igreja que nos ajude na parte financeira, nem na organizacional”.
Número de vidas resgatadas em Marchas
Ap. Estevam Hernandes – “Nós fazemos as ministrações em momentos adequados e realizamos até batismos em Marchas. Não temos números estatísticos, mas temos relatos de vários testemunhos. Teve um que o rapaz estacionou o carro dele e foi na padaria, quando voltou nós havíamos passado e ele já não conseguia mais sair com o carro. Depois de nos xingar de tudo quanto é nome, ele resolveu seguir os trios elétricos. Hoje, ele e toda a família são salvos”.
Emoção em realizar cada edição da Marcha para Jesus
Ap. Estevam Hernandes – “Minha emoção em uma marcha é a mesma do arrebatamento da Igreja. É maravilhoso ver milhares de vidas unificadas glorificando ao nome do mesmo homem, Jesus. A marcha é parte da minha vida”.
Momento marcante
Ap. Estevam Hernandes – “A segunda Marcha, que era o percurso da Avenida Paulista me marcou bastante. No dia anterior choveu demais. Era chuva torrencial e temperatura de 9°C. Nós achamos que ia parar e não parou. Achei que ninguém ia aparecer. De repente as pessoas começaram a aparecer e juntou aquela multidão. A gente via pais com filhos pequenos no colo. A chuva apertava e todo mundo continuava. A manifestação do amor a Cristo nos marcou”.
Novas bandas e patrocínio
Marcelo Aguiar – “Também não há patrocínio para a parte musical. Neste ano, o apóstolo Estevam está dando oportunidade para bandas que nunca participaram da Marcha para Jesus, como o Leonardo Gonçalves, por exemplo, que é da adventista e irá participar pela primeira vez. É assim mesmo, eu, durante dois anos seguidos, não cantei na Marcha, mas nós sabemos que as vezes é para dar espaço a outros ministérios”.
Bispa Sônia – “Ano passado o Renascer Praise também não cantou”.
Ap. Estevam Hernandes – “Eu louvo a Deus por essa consciência do Marcelo Aguiar e do Renascer Praise”.
Expectativa de público
Ap. Estevam Hernandes – “Eu, pessoalmente, espero três milhões de pessoas. Não digo cinco milhões porque há controvérsias. Se é um outro evento e participam dois milhões de pessoas, vão dizer que participaram 5 milhões, mas na Marcha para Jesus se participam cinco milhões, vão dizer que eram dois milhões”.
Ministrações e pregadores de outros ministérios
Ap. Estevam Hernandes – “Ano passado, nos intervalos, colocamos diversas ministrações de cinco a 15 minutos. Já tivemos Jabes de Alencar, Marcos Witt, e outros, ministrando. É difícil chamar alguém de longe para pregar em 15 minutos, e quando falamos em tradução simultânea o tempo dobra, então é complicado, mas não há restrições de ministérios”.
 milagres na Marcha
Ap. Estevam Hernandes – “Há muitos relatos de milagres que aconteceram na Marcha. O nascimento da minha neta foi no dia de uma Marcha. O próprio Marcelo Aguiar é fruto de oração de uma Marcha”.
Bispa Sônia – “Casamentos, reconciliações, mulheres estéreis. Teve mulher que foi na Marcha e saiu de lá com um marido”.
Ap. Estevam Hernandes – “De todas as dores que chorei, glorifico a Deus pelos mais de 20 milhões de pessoas em Marchas para Jesus em todo o mundo”.
Fonte: Guia-me / Gospel+

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Há uma porta aberta!

 
“Depois destas coisas olhei e vi que estava uma porta aberta no céu, e a primeira voz que ouvi como o som de trombeta falando comigo, disse: Sobe para aqui e te mostrarei as coisas que depois destas devem acontecer”.  Apocalipse 4 : 1
Há uma porta aberta

Olhar, ver, ouvir, e ir. Esse foi o desafio que Deus lançou ao apostolo João enquanto estava refugiado na ilha de Patmos. João não se transportou fisicamente da ilha de Patmos para um outro local físico distante dali. João tinha um relacionamento profundo com Deus e podia estar com Ele mesmo naquela ilha, e também lá mesmo ele orava e expunha a Deus sua vida em suas conversas. João sabia que o relacionamento com Deus e com Jesus Cristo não se limitava a um lugar, fosse um templo sagrado ou outro lugar do qual ele não teria fácil acesso.
Em sua jornada com Deus, após a morte de Jesus, João continuava experimentando a presença divina onde quer que fosse. Em um dos seus momentos de conversas com Deus e com Jesus, João teve uma visão sobrenatural, isto é, além da realidade natural, ele pode ver que nos céus havia uma porta aberta, e ele ouviu que dessa porta um som como de uma trombeta falava com ele, e o convidava para entrar por essa porta.
Está escrito no livro do próprio João, capitulo3 verso 16, que Deus amou o mundo todo – inteiro – completo, e por isso entregou Jesus Cristo para que a sua vida fosse dada por pagamento pela vida de cada homem e mulher. Sendo assim Deus não ama mais a uns do que outros, não ama mais a João do que a nós.
Então por que também nós não podemos ver e olhar, uma porta aberta nos céus para nos receber?Por que não podemos ouvir esse doce convite para subirmos para lá, por que não podemos ir como João foi? E então visitar o centro estratégico de Deus, o local no qual Ele desenha e projeta suas ações e suas maravilhas, e participar com Deus dessa obra maravilhosa de agir em prol do resgate das vidas humanas pelo sangue do filho de Deus. E lá poderemos conhecer as coisas que virão, e também o que e como Deus quer que contribuamos em seus planos.
É verdade que muitos vêm e não olham, muitas olham as nuvens negras no céu, mas não podem enxergar a porta aberta. Muitos ouvem os trovões e os exércitos inimigos se aproximando, mas uma voz forte como a de uma trombeta não conseguem ouvir.
Entre para o maravilhoso reino de Deus, no qual Ele reina absolutamente e tem tudo sob seu controle. Olhe para o alto e veja uma porta aberta à sua espera, pois Deus quer compartilhar suas idéias e seus planos com você. Você pode estar em uma ilha ou em uma caverna, se você olhar para cima verá que Deus abre nos céus uma nova vida para você, e aqui mesmo na terra você pode viver tão próximo a Ele como um pai vive de seu filho. Entre na história que Deus escreveu para você viver, sem você nossa eternidade não será a mesma, e por você a vida do filho de Deus foi entregue para a morte, assim a morte nunca mais poderia te impedir de ver, de ouvir e de ir ao encontro de Deus.

Fonte - www.novidadedevida.com.br

Dias de esperança !!!

 Adão perdeu Abel (morto por Caim), mas Deus lhe deu Sete. Abraão se despediu de Ismael, mas Deus lhe deu Isaque. Jacó perdeu sua esposa Raquel (que ele tanta amava), mas Deus lhe deu José. José perdeu o convívio com pai e irmãos (pois foi vendido como escravo), mas Deus lhe deu a oportunidade de salvar toda sua família quando a levou para morar em Gósen.
Moisés perdeu anos sem conviver com sua mãe e irmãos, mas Deus lhe deu a oportunidade de salvar toda sua raça levando-os do Egito para Canaã. Josué perdeu quarenta anos vivendo no deserto, mas foi um grande líder diante do seu povo quando os guiou para conquistar a Terra Prometida.
Essas personagens viveram momentos de perda, porém Deus havia determinado para elas algo que não sabiam e que seria infinitamente recompensador. Quando Deus dirige nossa vida, não há perdas sem propósito. É como se perdesse farinha e depois ganhasse um bolo. Nossas perdas são processadas, como matéria prima diante de Deus para gerar maiores conquistas no futuro.
Nossos sofrimentos não são desperdiçados por Deus, pelo contrario são aproveitados e convertidos em dias melhores.
“E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna”. (Marcos 10: 29 e 30)
Ao invés de deixarmos nossos olhos na perda e no motivo de desânimo, você pode cumprir a Bíblia, e praticar: “em tudo daí graças”. Pois Deus é soberano e está no controle de todas as coisas, e fará da nossa vida motivo de esperança para aqueles que nos observarem. Assim como Abraão, Jacó, José, e muitos outros. Se formos guiados pela palavra de Deus, ele certamente nos mostrará que dias melhores virão em nossas vidas. Em especial o dia da Volta de Jesus Cristo a ESPERANÇAS DE TODOS NÓS !!!
BREVE JESUS VOLTARÁ !!!

Fonte - www.novidadedevida.com.br

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Billy Graham quer fazer sua última pregação.

Billy Graham quer fazer sua última pregação O evangelista Billy Graham pode sair da aposentadoria para pregar um sermão, embora esteja com problemas de saúde. De acordo com seu porta-voz, Graham disse que quer pregar novamente.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel “Aos 91 anos de idade, ele percebe que sua morte está se aproximando”, disse A. Larry Ross. “Ele está tentando valorizar cada dia, pois ele sabe que um dia vai se juntar a sua mulher, Ruth, no céu. É encorajador saber que ele permanece saudável, alerta e comprometido com seu chamado ao longo da vida”, disse o porta-voz.
Embora Graham tenha expressado seu desejo de pregar, Ross disse que a hora, local e formato ainda não foram determinados. Membros da família do pregador mencionaram que o evangelista pode ter seu sermão gravado e distribuído, ou pregar em 2011 para uma platéia ao vivo no Bank of America Stadium, em Charlotte, se a saúde permitir.
Há dois anos o evangelista não faz pregações pela televisão, nem aparece em público devido a questões relacionadas a sua saúde. No entanto ele ainda está envolvido na elaboração de projetos e com as orações Evangelísticas Billy Graham, uma associação pessoal. No mês passado ele se reuniu com o presidente Barack Obama em sua casa.
Após 55 anos pregando no mundo inteiro, Graham realizou a sua última cruzada evangelística em junho de 2005 em Flushing Meadows Park em Nova York. Ele fez uma última aparição em 2006 no Festival da Esperança com seu filho, Franklin, em Nova Orleans, quando a Costa do Golfo estava se recuperando do furacão Katrina.
No total, ele pregou para mais de 210 milhões de pessoas em 185 países e atingiu milhões de pessoas por meio de pregações veiculadas na televisão e Internet. Além disso, o evangelista tem sido regularmente citado pela organização Gallup como um dos “dez homens mais admirados no mundo”.
Traduzido pelo Gospel+ do Christian Post

TRIBUTO de Billy Graham a sua esposa Ruth Graham

 MONTREAT, EUA – Ruth Graham, que entregou o sonho de ser missionária no Tibete para casar com aquele que se tornaria o mais renomado evangelista do mundo, pois veio a falecer em 2007.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
“Ruth foi minha parceira de vida, e fomos chamado por Deus como uma equipe,” disse Billy Graham. “Ninguém mais poderia ter carregado o peso que ela carregou. Ela foi uma parte vital e integral de nosso ministério, e meu trabalho através dos anos teria sido impossível sem o encorajamento e ajuda dela.

Assim, sou grato ao Senhor que me deu a Ruth, e especialmente por estes últimos poucos anos onde estivemos juntos nas montanhas. Nós reacendemos o romance de nossa juventude, e meu amor por ela continuou a crescer mais profundo a cada dia. Sentirei terrivelmente a sua falta e olharei à frente ainda mais pelo dia que poderei me juntar a ela no Céu.”
Ruth estava de cama por meses devido a uma doença nas costas e pescoço, resultado de uma queda séria de árvore em 1974, quando consertava um balanço para as crianças. Ela se submeteu a um tratamento de pneumonia há 2 semanas.
Ruth Graham, que foi autora e co-autora de 14 livros, será enterrada na Nova Bíblioteca Billy Graham, em Charlotte, Carolina do Norte, EUA.

Em 60 anos de atividades, ele pregou para
215 milhões de pessoas e mudou a história do protestantismo na América.

Tradução de João Cruzué

Billy Graham 1
Dr. Billy Graham, em casa, no sítio de Montreat sem a companhia
da esposa, Ruth Bell Graham, falecida em 2007.

Billy Graham 9
Em frente a casa onde Ruth Graham nasceu: em Huaiyn, Província de Jiangsu - China.
O pai de Ruth - Lemuel Nelson Bell - foi um médico missionário naquele local.
Data da foto:19 de abril de 1988.

Photo by Russ Busby
Billy Graham 11
Da Esquerda para a Direita: Gigi, Anne, Ruth(Bunny), Ruth Bell, Billy, Franklin
e Ned, na comemoração das Bodas de Ouro do casamento de Billy e Ruth Graham.

Billy Graham 7
Billy e Ruth Bell Graham em casa - Montreat; data 22 de agosto 1996.

Billy Graham 10
Billy e Ruth Graham em uma entrevista em 11 de agosto 2003


Billy Graham 5
O Evangelista Billy Graham e sua esposa, a bordo do Queen Mary, antes de zarpar
para a Inglaterra onde lançaria a Grande Cruzada de Londres, uma missão que
incluia pela primeira vez o uso da transmissão em circuito fechado de TV
direto para a cidade de Nova York- data: 18 de maio de 1966.

Billy Graham 3
Billy Graham aos 35 anos sendo recebido no Porto de Nova York pela esposa Ruth e
as três filhas - Virgínia, Anne e Rutinha(Bunny) em seu retorno de uma viagem
de evangelização pela Europa em 7 de junho de 1954.

Billy Graham 2
Billy Graham e a esposa Ruth antes de sua chegada em Southhampton, partindo
de Nova York a bordo do navio United States; em 23 de fevereiro de 1954.


"O Evangelista Billy Graham aos 90 anos: Um homem frágil,
com um legado forte.
"


Cathy Lynn Grosman
Recorte

Segundo Susan Harding, uma antropologista em religião da Universidade da Califórnia em Santa Cruz, a geração de hoje pensa que o significado de Billy vem da sua popularidade e não do seu papel como arquiteto de um evangelismo moderado. Ele criou um novo modo de ser conservador, sem ser fundamentalista ou um separatista pregador do juízo final. Billy Graham ensinou aos cristãos casar suas crenças com ativismo social, uma mistura que soava estranha à geração anterior.

Ele ia direto com a mensagem essencial do Evangelho: Jesus Cristo morreu por você! As pessoas começarma seus relacionamentos com Deus nos encontros com Billy Graham, o mais duradouro símbolo da vitalidade religiosa no jeito americano de vida, segundo William Long, um antigo professor de religião e humanidades da Faculdade de Reed de Portland.

Em tempos recentes, Billy Graham ficou mais conhecido propriamente por aquilo que não fez, do que pelas coisas que fez. Ele não torrou milhões de dólares - como Jim Baker, nem corria atrás de prostitutas - como Jimmy Swaggart, não construiu um mega templo - como Joel Osteen, não se candidatou à presidência dos Estados Unidos - como Pat Robertson, e nem fez lobby político cristão como Jerry Farwell.

Sua contribuição pessoal, entretanto, é imensa: Honestidade, Humildade, tinha uma grande voz e aparência de ator de Hollywood; possue integridade financeira e sexual, habilidades administrativas, lembra Grant Wacker, professor de História do Cristianismo da universidade de Duke, em Durham, NC.

Sobre a esposa Ruth ele diz: O mais excelente cristão que já encontrei!

Fonte dos textos traduzidos: Artigo de Cathy Lynn Grosman "Evangelist Billy Graham at 90: The man frail, the legacy strong".
JORNAL USA TODAY

João Cruzué - para o Blog Olhar Cristão
Fonte: O Verbo

sábado, 22 de maio de 2010

O ANTICRISTO COMO USURPADOR DAQUILO QUE TEMOS DE MELHOR

 A Bíblia fala do aumento da maldade nos últimos tempos. Sua culminância se dará através de um futuro governo mundial, sob a tirania de um homem intitulado Anticristo pelos autores bíblicos.

Alguns teólogos possuem dúvidas se o termo "Anticristo" refere-se a uma pessoa ou a uma instituição. Creio que a Bíblia realmente fala de um indivíduo histórico específico que, através do poder de Satanás, subjugará o mundo para seu senhor, trazendo a culminância a um processo histórico de malignização do mundo, que teve como precursores os diversos pequenos "anticristos" surgidos ao longo dos séculos (2 Tessalonicenses 2.7-8; 1. João 2.18).

Ele irá vigiar e controlar a liberdade das pessoas, excluindo social e economicamente aqueles que não aceitarem seu domínio (Apocalipse 13.16-17). Colocará o mundo em caos político, ao transformar o planeta em seu império (Apocalipse 13.7). Sufocará e reprimirá todas as expressões de fé do ser humano, principalmente do Deus cristão, exigindo fé apenas nele mesmo (2 Tessalonicenses 2.4; Apocalipse 13.6-8,15) . Aliás, o nome "Anticristo" significa tanto aquele que se opõe a Cristo como aquele que tenta substituí-Lo - razão pela qual ele abre sua boca em blasfêmias e exige para si as prerrogativas da divindade no coração das homens, na expressão máxima de uma ditadura populista sobre a consciência humana.
Muitos pagarão com a vida por não aceitarem este estado de coisas (Apocalipse 13.15).
Mas, como o próprio texto bíblico afirma, revelando que o número 666, o número da besta, é o número de um homem (Apocalipse 13.18), e o homem da iniquidade (2 Tessalonicenses 2.3) será derrotado pelo Senhor Jesus em Sua vinda para trazer o Juízo Final sobre a história (Apocalipse 19.11-20).
Muitos ficam apreensivos diante do quadro sombrio dos tempos finais e, alarmados, procuram descobrir indícios da ação maligna do Anticristo na implantação de seu reino.
Sendo assim, desconfiam de avanços na área de tecnologia de informação (que poderiam ser utilizados para vigiar e cercear a liberdade das pessoas) ou de esforços políticos conjuntos (como a ONU, a União Européia, etc.), temendo que esteja se esboçando o futuro governo unificado da besta.
Não creio que as coisas devam ser interpretadas desta forma.
Por quê?
Porque creio que é legítimo buscar aprimorar qualidade de vida através do desenvolvimento científico. Isto é um DOM que DEUS concedeu a nós.
Porque creio que o desejo de buscar um mundo melhor é inspirado pela porção de TRANSCENDENTALIDADE que há no coração de cada ser humano que sabe que esta realidade precisa ser transformada para refletir algo melhor: que as coisas são como são, mas não precisam ser como são – e é IMORAL que assim o seja.
Quem busca um mundo melhor sente, mesmo sem saber, que esta Terra deve refletir a glória de Deus.
E, mesmo sabendo que os esforços humanos não sanarão todos os males deste mundo, eu trabalho e faço minha parte para a construção de um mundo melhor, pois creio que operar nos limites do possível, mitigando a selvageria do cotidiano, faz parte da missão da Igreja Militante, enquanto aguarda o aparecimento de Seu Senhor, Sua esperança vindoura.
Sendo assim, não devo olhar com maus olhos todos os discursos em prol de uma mobilização internacional. Há momentos que requerem um mundo sem fronteiras.
Você pode me perguntar: “mas o Anticristo não se aproveitará destas coisas”?
Certamente.
A questão é: quando ocorrer o aparecimento do Anticristo, ele usurpará os sonhos, esperanças e talentos da humanidade, fazendo-a crer que os mesmos se realizam nele.
Ele procurará fazer jus a seu nome.

O Anticristo fará com que os homens se esqueçam de Deus como a fonte de seus dons e como a razão última de sua esperança.
Ele roubará o que os homens possuem de melhor. 
Será o golpe mais cruel contra a humanidade.
******
Não seja cego nos últimos dias. Para o clamor dos últimos dias. Veja a necessidade ao seu redor e use o que você possui de melhor, dado por Deus a você. E, ao usar, jamais esqueça a fonte e a finalidade daquilo que está em suas mãos. A resposta para ambas as perguntas é a mesma: Deus.
E assim, através da correta utilização, você descobrira a melhor forma de preservação, prevenindo-se da usurpação e do engodo do Anticristo.
FONTE -> BLOG DO VITOR GADELHA

A BÍBLIA NA CHINA !

Em sinal do crescimento do Cristianismo na China, Bíblia vira artigo raro no país

A igreja está crescendo na China e, com isso a demanda por Bíblias. Segundo o chefe do programa em Parceria com a Sociedade Bíblica chinesa, Kua Wee Seng, a Amity Printing Press, a única editora chinesa autorizada a imprimir Bíblias, está lutando para manter a demanda.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel Embora o número de Bíblias impressas tenha aumentado quatro milhões desde o ano passado, ainda não é suficiente para o número de pedidos. A cada ano cerca de 500 mil pessoas se convertem ao cristianismo no país.
Seng exortou aos cristãos do Ocidente a apoiar a Campanha da Sociedade Bíblica 2010 para levantar fundos para a compra de uma nova impressora. A pretensão é que sejam impressas mais 12 milhões de Bíblias na China.
A ajuda financeira dos cristãos ocidentais permitiu que Bíblias fossem impressas na China, pois foram doadas toneladas de papel. Somente agora a China conseguiu produzir seu próprio papel para a impressão do Livro Sagrado.
Traduzido pelo Gospel+ do Christian Today

SINAIS E PRODÍGIOS QUE ENGANARIAM ATÉ OS ESCOLHIDOS - cuidado !!!

 Igreja Católica mistura Pentencostalismo Protestante e Teologia da Prosperidade em suas missas

Uma reportagem veiculada no jornal norte-americano The Wall Street Journal denunciou o efeito da pregação da Teologia da Prosperidade aos cidadãos da cidade de Manila, capital das Filipinas, e a manipulação do chefe da igreja El Shaddai, o seguidor da corrente católica mariana, irmão Mike Velarde.
Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel No alto das favelas e córregos fétidos em um bairro na cidade de Manila há uma cruz de néon gigante e um brilhante arco-íris, que estão tão altos que faz com que os arcos dourados do McDonald´s pareçam anões. Eles marcam a nova casa de El Shaddai, parte de um amplo movimento evangelista cristão que está varrendo a nação, que é predominantemente católica romana.
A igreja El Shaddai, nome de Deus em hebraico, tornou-se um dos maiores movimentos da nova geração de cristãos nas Filipinas. É uma igreja católica carismática, porém com traços pentecostais. Segundo sociólogos a constante pregação da Teoria da Prosperidade é uma maneira de estimular o desenvolvimento das empresas.
O fundador da igreja é uma pessoa excêntrica. Irmão Mike, 70 anos, é o mais conhecido televangelista das Filipinas. Muitas vezes usando uma gravata, sapatos brancos e vestindo uma corrente de ouro no pescoço, ele é um magnata e “brinca” no setor imobiliário. Além disso, ele tem a reputação de não seguir a multidão e tem influência sobre os políticos e resultados das eleições durante quase três décadas.
A igreja, que é modelada imitando a Arca de Noé, tem capacidade para 35 mil pessoas. As missas de sábado são transmitidas pela rede de TV da família Velarde e pela estação de rádio. O curioso é que a igreja foi construída em um terreno pertencente à família Velarde, portanto a El Shaddai paga aluguel à Mike.
Sobre o fato de ser pregada a Teologia da Prosperidade Mike falou que os efeitos têm sido positivos. “Antes, somente os mais pobres freqüentavam as missas da El Shaddai. Agora os estacionamentos foram preenchidos com carros próprios. Não é apenas uma transformação espiritual, mas também uma transformação econômica em suas vidas”.
Durante as missas há orações em línguas e a pregação “ore e fique rico”, misturadas às práticas católicas tradicionais. Também são incorporados rituais pagãos que invocam superstições da cultura filipina sobre o poder dos objetos inanimados.
“Eles me chamam de pregador de prosperidade porque eu tenho exposto a mensagem do evangelho às pessoas como está escrito. Eu enfatizo a importância de dar, porque é dando que recebe”, diz Velarde. Ele também escreveu um livro repleto de depoimentos de filipinos que foram inspirados por suas declarações para expandir ou abrir negócios.
Como algumas outras congregações, El Shaddai encoraja seguidores a dar o dízimo ou contribuir com 10% de sua renda. Em troca, são anotados seus pedidos de “oração” para a riqueza, saúde e boa sorte
“A Teologia da Prosperidade de El Shaddai ensina que Deus quer que as pessoas fiéis prosperem, que luta econômica pode ser de Deus e que a riqueza pode ser recompensa de Deus aos fiéis,” diz Wiegele, antropóloga.
Enquanto El Shaddai poderia ser uma ameaça a longo prazo para a igreja católica nas Filipinas, o movimento abriga sob a égide do Vaticano, incluindo a realização de reuniões de oração nas instalações da igreja católica em todo o país. É uma situação que a Igreja Católica aceita a contragosto, pois é uma forma de reduzir o número de católicos que se voltam aos movimentos protestantes.
De acordo com números oficiais do censo filipino, enquanto a proporção de filipinos que se consideram cristãos manteve-se estável em cerca de 92% ao longo do século passado, aqueles que se identificam como católicos diminuiu cerca de 10%. Entre 1960 e 2000, quando o censo mais recente ocorreu, o percentual de filipinos que se identificam como membros da igreja protestante mais do que duplicou para cerca de 10%.
Na década de 1980, “a igreja católica observou que a única maneira de impedir o êxodo para as igrejas pentecostais era dizer que as pessoas da Igreja Católica que freqüentavam movimentos protestantes estavam fora da igreja. Foi isso que eu fiz”, diz Velarde. “El Shaddai desacelerou o êxodo de católicos para o movimento nascido de novo”.
Ainda assim, algumas autoridades católicas continuam cautelosas e críticas em relação à teologia de Mike Velarde. Eles afirmam que Velarde está contaminado alguns negócios. O arcebispo emérito Oscar Cruz condena a El Shaddai, dizendo que “usa o nome católico, mas é tudo menos católico”. Ele descreve as missas como um ponto de partida, depois “ele surge com seu terno engraçado, performace circense e seu evangelho da prosperidade”.
Sobre o fato da El Shaddai ser de denominação católica, Velarde diz que “sempre sou guiado pela hierarquia da Igreja Católica”. Na prática, isso significa que ele abraça a doutrina católica sobre questões como a contracepção, aborto e o divórcio, mas é Velarde que controla totalmente a El Shaddai.
Interrogado sobre a censura crescente de filmes filipinos Velarde é firme. “Há alguns filmes que são contra nossa cultura e nossas crenças religiosas. Eles realmente devem ser censurados”.
Como Velarde tende seu rebanho no santuário ele abriga uma grandiosa ambição política. Para ele, “a Presidência das Filipinas é um sonho de infância. Mas um sonho é diferente de uma chamado”, disse.
Traduzido pelo Gospel+ do Wall Street Jornal

domingo, 16 de maio de 2010

REVISTA MUNDO ESTRANHO 01/2009 - As profecias do FIM DO MUNDO:

A revista Mundo Estranho do mês de janeiro de 2009, teve como título de capa “As profecias do fim do mundo”. A reportagem mostra algumas profecias que tratam do assunto, entre as quais a que está se tornando famosa pelo fato de supostamente anunciar o fim para o ano 2012: a profecia do calendário maia. Mas a coisa não é bem assim. Na verdade, quem acaba em 2012 é o próprio calendário maia. O resto – colisão de meteoros e planetas com a Terra, previsões de “paranormais” sobre o fim do mundo naquele ano, etc. – é pura especulação. A “profecia maia” já tomou grande proporção na internet pelo mundo afora com milhões de pessoasa creditando que o mundo vai acabar em 2012. Bom seria, mas comumente o que ocorre é que, depois que o fim não vem, muita gente desanima e perde a fé.
“O calendário de conta longa é apenas um entre os vários que os maias usavam. Assim como os nossos meses, anos e séculos, ele se estrutura em unidades de tempo cada vez maiores. Cada 20 dias formam um ‘mês’, ou uinal. Cada 18 uinals, 1 tun, ou ‘ano’, cada 20 tuns faziam um katun e assim sucessivamente. Enquanto o nosso sistema de contagem de séculos não leva a um fim, o calendário de conta longa maia dura cerca de 5.200 anos ese encerra na data 13.0.0.0.0, que para muitos estudiosos (não há um consenso a respeito) corresponde ao nosso 21/12/2012. Isso não significa que eles esperassem pelo fim do mundo naquele dia. ‘Os povos ameríndios não tinham apenas uma concepção linear de tempo, que permitisse pensar num fim absoluto’, diz Eduardo Natalino dos Santos, professor de história da América Pré-hispânica da USP. ‘Em nenhum lugar se diz que o ciclo que estamosvivendo seria o último.’ A maioria dos estudiosos acredita que, após chegar à data final, o calendário se reiniciaria. Assim como, para nós, o31 de dezembro é sucedido pelo 1 de janeiro, para eles o dia 22/12/2012corresponderia ao dia 0.0.0.0.1″, explica a revista Galileu.
Muitas profecias “furaram” no passado. Uma “lenda evangélica” dizia: “Mil passará, dois mil não passará.” E passou… Centúrias de Nostradamos igualmente falharam (mas são tão vagas que acabam sendo reinterpretadas. De minha parte, prefiro ficar com a Bíblia que nunca errou um prognóstico em suas profecias precisas e detalhadas. Ela diz: “Mas arespeito daquele dia e hora, ninguém sabe” (Mt 24:36); “Ficai também vós apercebidos, porque, à hora em que não cuidais, o Filho do homem virá”(Lc 12:40); “Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela Sua exclusiva autoridade” (At 1:7).

sábado, 15 de maio de 2010

Após anos de perseguição, governo da China pede ajuda aos grupos religiosos

O governo chinês, oficialmente ateísta, pediu aos grupos religiosos e às pessoas de fé para ajudar nos esforços de reconstrução da província no Noroeste da China, devastada por um terremoto. Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Em uma carta aberta publicada em site oficial, a Administração do Estado da China para os Assuntos Religiosos pediu à comunidade religiosa doações para a reconstrução da área Tibetana de Yushu, na província de Qinghai, que foi devastada por um terremoto de magnitude 7,1, em 14 de abril.

Pelo menos 2,2 mil pessoas foram mortas, mais de 12 mil foram feridos e mais de 100 mil ficaram desabrigadas pelo terremoto em Yushu.

Segundo a carta, a comunidade religiosa já doou mais de US$ 12,7 mil para a área atingida pelo terremoto. O departamento de assuntos religiosos espera que os líderes e crentes individuais façam mais doações.

A carta também agradeceu as orações e esforços de assistência imediata realizada por organizações religiosas.

As autoridades chinesas disseram na semana passada que espera que a obra de reconstrução do Yushu seja concluída em três anos, segundo a Xinhua, a agência de notícias estatal.

Desde abril, grupos de ajuda humanitária cristãos têm trabalhado para distribuir itens de necessidade imediata, como alimentos, abrigo e roupas para as vítimas.

Nos últimos anos, a China tem sido em geral mais receptiva à religião na sociedade, apesar dos problemas em curso com a liberdade religiosa.

O diretor-geral da Administração Estatal para Assuntos Religiosos, Ye Xiaowen, reconheceu em 2007 que o número de seguidores religiosos chineses, incluindo os cristãos, tem crescido. Ele também alegou que, em vez de esmagar as religiões, o partido comunista chinês incentivará a religião a desempenhar um papel positivo “na promoção do desenvolvimento econômico e social” no futuro.

Um artigo recente no jornal estatal China Daily indica que o governo está se abrindo para a religião na praça pública. O artigo, publicado em março, deu detalhes de como um estudante de 22 anos em Pequim se converteu ao cristianismo, enquanto tentava descobrir o sentido da vida.

Notavelmente, o estudante foi relatado por frequentar uma igreja de 700 membros, em Pequim, apesar de não haver registros no governo – as igrejas são ilegais na China. Os cidadãos só são autorizados a adoração em instituições religiosas aprovadas pelos órgãos criados por religiosos da China de Macau.

Para os cristãos protestantes, isso significa cultuar em igrejas afiliadas com o Three-Self Patriotic Movement e Christian China Conselho.

Apesar de progressos da China na liberdade religiosa, grupos de direitos humanos ainda informam regularmente a perseguição dos cristãos das igrejas domésticas. Organizações de direitos humanos afirmam que a China tem um longo caminho a percorrer no seu respeito pela liberdade religios.

Fonte: CPAD News

sexta-feira, 14 de maio de 2010

AS DUAS FASES DA VINDA DE CRISTO...

No capítulo precedente frisamos que a vinda de Cristo é para consistir de duas fases. Também frisamos sucintamente alguns contrastes. Neste capítulo é para discutirmos esta matéria mais amplamente.
Consideramos o fato das duas fases da vida de Cristo como a chave que é necessária para destrancar o sentido de muitas passagens da Escritura. Sem um reconhecimento deste fato as passagens que tratam deste grande evento são confusas.

I. AS DUAS FASES CONTRASTADAS

1. A primeira fase será no ar (1 Tess. 4:15-17); a segunda será para ser na terra (Zac. 14:4).
2. A primeira fase de Sua vinda será para o Seu povo (Mat. 25:6-10; João 14:2); a segunda fase será com o Seu povo (Judas 14; Apoc. 17:14).
3. A primeira fase será Sua vinda como um noivo (Mat. 25:6-10); a segunda fase será Sua vinda como um rei para julgar e reinar (Sal. 96:13; Zac. 14:9; Mat. 25:31; Apoc. 19:15; 20:4).
4. Na primeira fase os justos serão tirados dentre os ímpios (Mat. 25:6-10; 1 Tess. 4:15,17); na segunda fase os ímpios serão tirados dentre os justos (Mat. 13:40-42).
5. Na primeira fase os justos na terra encontrarão o Senhor no ar para irem para o céu com Ele (1 Tess. 4:17; João 14:2); na segunda fase eles simplesmente entram no reino aqui na terra (Mat. 13:43; 25:34).
6. Na primeira fase os incrédulos são meramente deixados na terra (Mat. 25:10-12); na segunda fase eles são destruídos e lançados no fogo eterno (Mat. 25:41,46).
7. Em conexão com a primeira fase haverá uma ressurreição dos justos (1 Tess. 4:15-17); em conexão com a segunda fase não haverá ressurreição específica (Mat. 25:31-46).
8. A primeira fase está sempre iminente (Marcos 13:35,36; Tiago 5:8; Apoc. 22:12); a segunda fase é para ser precedida de certas coisas definitas (Mat. 24:14-29; 2 Tess. 2:1-8).

II. AS DUAS FASES SEPARADAS QUANTO AO TEMPO

Mesmo uma consideração casual dos contrastes antecedentes mostra que as duas fases da vinda de Cristo não podem ocorrer simultaneamente ou em conexão aproximada. Mas notai estas evidências específicas que um período de tempo intervirá entre elas:

1. Desde que na primeira fase os justos serão tirados dentre os ímpios e na segunda os ímpios serão tirados dentre os justos (vide § 4 acima), é impossível que as duas fases ocorram em conexão aproximada. Todos os justos serão retirados na primeira fase; logo, deve haver tempo suficiente entre a primeira e a segunda fase para alguém ser salvo.
2. Desde que na primeira fase de Cristo é para receber os Seus discípulos nas "muitas mansões" preparadas para eles no céu (João 14:2) e na segunda fase os justos na terra são para entrarem no reino sobre a terra (vide § 5 acima), é outra vez impossível que ambas as fases ocorram em conexão aproximada. Os que entram no reino na segunda fase devem ser salvos na primeira fase.
3. Desde que a primeira fase ocorra em qualquer tempo (tanto quanto o homem sabe) e a segunda fase deve ser precedida de eventos específicos (vide § 8 acima), elas não podem ocorrer em conexão aproximada. Uma é iminente, a outra não. Logo, uma deve estar bem longe da outra. 4. Deve haver tempo suficiente entre as duas fases para que o "Homem do Pecado" (2 Tess. 2:3) seja revelado e corra o seu curso. Ele não pode ser revelado até que o empecilho será removido do caminho (2 Tess. 2:6,7). O empecilho é o Espírito Santo residindo em toda a pessoa salva (1 Cor. 6:19). Que o Espírito Santo é o empecilho está provado pelo pronome pessoal que a Ele se aplica e também de duas maneiras pelo processo de eliminação. A única outra teoria digna de se considerar, e que tem sido adiantada, é que o governo romano era o empecilho; mas o governo romano foi tirado do caminho há uns quinze séculos e o "Homem do Pecado" ainda não foi revelado. Mas ainda, o governo romano não podia impedir a revelação de semelhante ser, como ele é representado, mas antes contribuiria para sua revelação. A remoção do caminho do Espírito Santo realizar-se-á quando Cristo tirar o Seu povo da terra, que será na primeira fase de Sua vinda. Tempo suficiente deve transcorrer, portanto, entre a primeira e a segunda fase para este monstro correr seu curso, porquanto ele é para ser destruído na segunda fase (2 Tess. 2:8).
5. Também deve haver tempo suficiente entre as duas fases para todos os eventos recordados em Apoc. 7 a 19. Esta seção da Escritura devera incluir o capítulo seis também, sem dúvida, mas podemos estar certos de que ela deve começar com o capítulo sete, pois que no capítulo sete temos a selagem dos servos de Deus na terra e só os judeus são selados. Isto mostra que a primeira fase da vinda de Cristo já teve logar; porque, doutra maneira, certamente estariam alguns gentios servos de Deus na terra. Os cento e quatro mil judeus mencionados como sendo selados neste capítulo são evidentemente aqueles que serão salvos imediatamente depois do aparecimento de Cristo no ar. E então, para confirmar esta idéia seguindo-se imediatamente o relato da selagem desses judeus, temos a multidão inumerável no céu (Apoc. 7:9). Estes, manifestamente, são aqueles que foram levantados da terra no aparecimento de Cristo no ar.
Então a segunda fase da vinda de Cristo não aparece até atingirmos o capítulo 19 e há toda evidência de uma ordem cronológica geral. Assim os eventos dos capítulos do meio são para terem logar durante o ínterim entre as duas fases da vinda de Cristo.
Nossos oponentes escarnecem da idéia de um período de tempo entre as duas fases da vinda de Cristo. Dizem que ensinamos que haverá duas vindas em vez de uma. Podem chamá-la o que quiserem. O Novo Testamento fala só de uma vinda, mas claramente revela que esta uma vinda consistirá de duas fases, separadas por um período de tempo. Preferimos crer o que ele ensina, desatendendo as perversões deles.

III. A PRIMEIRA FASE DA VINDA DE CRISTO É IMINENTE

Mostramos agora que a vinda de Cristo é para consistir de duas fases e que estas fases são para se separarem por um período de tempo. Aqui nos encarregamos de provar que a primeira fase de Sua vinda é iminente. Notai que não estamos tentando provar que a vinda de Cristo para o julgamento e o reino é iminente. Tanto quanto sabemos, todas as profecias não cumpridas referentes a esta época (e há muitas), sem violência a elas ou a quaisquer outras Escrituras, podem ser cumpridas no ínterim entre as duas fases da vinda de Cristo; mas não sabemos de nenhuma profecia que se deva cumprir antes de Cristo vir para Sua noiva.
Webster define a palavra iminente como significando "ameaçando de ocorrer imediatamente; à mão; impendente". Sustentamos que este é exatamente o modo que Deus ensinou na Sua Palavra, que os crentes deveriam considerar a vinda do seu Senhor para recebê-los para Si mesmo. A Escritura ensina que este evento está sempre "à mão" e que os crentes, portanto, deveriam estar sempre na atitude de vigilante expectativa. Notai as seguintes passagens:

1. Marcos 13:35,36 ? "Vigiai, portanto, porque não sabeis quando o dono da casa vem, se à tarde, se à meia noite, se ao cantar do galo, se pela, manhã, para que não venha de improviso e vos ache dormindo."
Thayer diz que o sentido de vigiar, nesta e parecidas passagens, é tomar cuidado, "sob a pena de por negligencia e indolência alguma calamidade destrutiva assaltar alguém." . Pode haver qualquer razão consciente para vigiar para um evento, a menos que, tanto quanto sabemos, aconteça agora?.
2. Tiago 5:8 ? "Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações, porque a vinda do Senhor apropinqua-se".
A palavra grega para "está próxima" está no tempo mais que perfeito e quer dizer, segundo Thayer, "chegou perto, está à mão". Uma forma parecida da mesma palavra está dito por Thayer era usada "concernente coisas iminentes e prestes a acontecer". O verbo na passagem acima está traduzido "está a mão" nove vezes na versão do Rei Tiago. Mat. 26:46 fornece um bom exemplo do seu uso.
3. Apocalipse 22:12 ? "Eis que venho presto e o meu galardão está comigo para dar a todo homem segundo for sua obra".
A palavra na passagem para rapidamente não significa repentinamente, como alguns a teriam, mas quer dizer "destro, expeditamente, sem demora" (Thayer). Boas mostras do seu uso podem ser achadas em Mat. 5:25; 28:7,8; Marc. 16:8; João 11:29. Na passagem supra à vinda de Cristo está falada como Deus a vê: mil anos são como um dia com Deus (1 Ped. 3:8). E está assim representada que o tempo dela pode ser incerto a crentes. Tanto quanto eles sabem, ela pode ocorrer a qualquer momento; logo, para eles é sempre iminente.

Muitas passagens mostram o valor prático de uma crença na vinda iminente de Cristo. Proeminente entre elas está Tiago 5:8, como dada acima. Esta passagem mostra que uma crença na vinda de Cristo é um incentivo à paciência e fortaleza no meio de sofrimento e aflições.

Autor: Thomas Paul Simmons, D.Th.Digitalização: Daniela Cristina Caetano Pereira dos Santos, 2004 Revisão: Luis Antonio dos Santos, 12/05Fonte: www.PalavraPrudente.com.br

ESTUDO - A BATALHA DO ARMAGEDOM

Muita gente tem uma noção errônea, se tem mesmo qualquer noção, sobre a Batalha de Armagedom. Pensam alguns que a última Guerra Mundial foi a Batalha de Armagedom. Outros têm avançado a idéia que ela será uma guerra entre católicos e não católicos. Ainda outros ensinam que ela é para ser um mero conflito espiritual entre o bem e o mal sem qualquer realidade literal. Outros, contudo, a confundem som o cerco aludido em Apoc. 20:8, que é para ser depois do Milênio. Todas estas idéias são inescriturísticas e indignas de consideração séria.
Estudemos esta batalha por notarmos o seguinte:


I. POR QUE A BATALHA É ASSIM CHAMADA?



A batalha é chamada segundo o logar em que ela é para ser ferida. Vide Apoc. 16:13-16. A Versão Revista dá o nome de Har-Magedon, que se define como significando a "montanha de Megiddo", que se situa à margem sudoeste da Galiléia. Por isto se quer dizer, talvez, não meramente a montanha mesma senão a montanha e a seção em redor. Esta seção se descreve como "um elevado planalto rodeado de colinas" (Carpenter). Ela forma um passo para o Norte e assim foi famosa como campo de batalha. Esta vizinhança foi à cena de duas notáveis vitórias e três notáveis mortes. As vitórias foram: a de Baraque sobre os cananitas e de Gideão sobre os midianitas. As mortes foram: a de Saul, a de Acazias (morto por Jeú) e a de Josias. Mas o evento mais famoso de todos está ainda para ocorrer lá.



II. QUEM DEVE SER OS COMBATENTES?



Os combatentes devem ser os reis da terra e os seus exércitos sob a chefia da besta e dos falsos profetas de um lado, e o Rei dos Reis e o Senhor dos Senhores com o Seu povo ? os judeus e os santos glorificados ? de outro lado. Vide Joel 2:11; Zac. 12:2,3,8,9, 14:3; Apoc. 19:11-12.



III. OS PORMENORES DA BATALHA



Próximo ao fim do período da grande tribulação a besta e o falso profeta (a segunda besta ? Apoc. 13:11) despacharão seus emissários a iniciar as nações da terra para se ajuntarem contra Jerusalém (Apoc. 16:13-16, 19:19). Com isto não fazem senão cumprir o propósito de Deus, porque é Seu desígnio reunir todas as nações juntas para o fim de as julgar (Joel 3:2) e derramar sobre elas Sua indignação e furiosa ira (Zac. 3:8). Os exércitos das nações serão permitidos de capturar Jerusalém e nela produzir grande destruição (Zac. 14:2). Na aproximação dos exércitos e a captura da cidade serão mortos dois terços dos judeus então na Palestina (Zac. 13:8,9). Todos os judeus em Jerusalém que não forem mortos serão ou capturados ou enxotados da cidade (Zac. 14:2). Então, o Senhor aparecerá para livrar Seu povo (Zac. 14:4). Então, a julgar do fato que Apoc. 16:16 diz que as nações devem ser ajuntadas num logar chamado Armagedom, tomamos que os exércitos das nações, alarmados pelos eventos que pressagiarão a vinda do Senhor, desertarão Jerusalém em retirada para o Norte. Em Armagedom o Senhor os apanhará e os visitará vingadoramente como descrito em Isa. 66:15,16; Zac. 14:12,13; Apoc. 16:17-21, 19:20,21.



IV. A VINGANÇA DO SENHOR EM CONEXÃO COM ESTA BATALHA SERÁ MUNDIAL



A vingança do Senhor far-se-á visitar não somente sobre os exércitos das nações que vem contra Jerusalém, mas também sobre todos os ímpios por todo o mundo. Cremos que isto está patente nas seguintes passagens: Jer. 25:15-33; Isa. 24:17-21; 26:20,21; 34:1,2.



V. A REVELAÇÃO DESTA BATALHA COM O JULGAMENTO DAS NAÇÕES



Cremos que o julgamento das nações, como traçado em Mat. 25:31-46, terá logar em conexão com a Batalha de Armagedom. cremos que Mat. 25:31-46 é uma figurada dos tratos de Deus com as nações na Batalha de Armagedom e a destruição que sobrevirá. É nisto que todos os joios devem ser ajuntados do Seu reino e queimados (Mat. 13:40-43). Ninguém sobrevirá a esta prova excepto os justos. Para a relação entre esta batalha e o julgamento das nações vide Joel 3:2,12,13. Notai também Joel 2:10,31; 31:15-16; Isa. 13:10,11 em conexão com Mat. 24:29.



VI. ESTE PERÍODO DE DESTRUIÇÃO MUNDIAL SERÁ "O DIA DO SENHOR"



Vide Isa. 2:12; 13:9; 34:8; Jer. 46:10; Ez. 30:3; Joel 1:15; 2:11; Amós 5:18-20; Obadias 15; Zac. 1:15,18; 14:1. "O dia do Senhor" é para ser um dia de duração prolongada (Zac. 14:6,7).



VII. UM NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA EMERGIRÃO DO DIA DO SENHOR



Vide Isa. 34:4; 65:17-25; 2 Ped. 3:10-13.
Autor: Thomas Paul Simmons, D.Th.Digitalização: Daniela Cristina Caetano Pereira dos Santos, 2004 Revisão: Luis Antonio dos Santos, 12/05Fonte: www.PalavraPrudente.com.br

VÍDEOS - SINAIS DA 2º VINDA DE JESUS - 9 / 9 - Final.

















O FILME/1999 - "FIM DOS DIAS" de Peter Hyams

Fim dos Dias
(End of Days, 1999)

» Direção: Peter Hyams
» Roteiro: Andrew W. Marlowe
» Gênero: Ação/Policial/Terror
» Origem: Estados Unidos
» Duração: 121 minutos
» Tipo: Longa-metragem
» Trailer: abaixo
» Site: http://www.end-of-days.com

» Sinopse: Nos últimos dias dos anos 1900, os cidadãos de Nova York estão se preparando para a chegada do ano 2000. Porém Satã encarna um habitante da cidade em busca de sua noiva. Caberá a um ex-policial que não acredita na existência de Deus (Arnold Schwarzenegger) impedí-lo de cumprir seu objetivo e garantir a paz no mundo.

O FILME/2008 - FIM DOS TEMPOS de Mark Wahlberg

Fim dos Tempos (The Happening)

Elenco: Mark Wahlberg, Zooey Deschanel, John Leguizamo, Spencer Breslin, Ashlyn Sanchez.
Direção: M. Night Shyamalan
Gênero: Suspense
Distribuidora: Fox Film
Estreia: 13 de Junho de 2008
Sinopse: Do diretor M. Night Shyamalan (O Sexto Sentido, Sinais) chega às telas um thriller de suspense de tirar o fôlego, sobre uma família em fuga de um fenômeno inexplicável e irreversível, que ameaça não somente a humanidade, mas o mais básico dos instintos: o da sobrevivência.Tudo começa sem um aviso claro. Parece surgir do nada. Em questão de minutos, irrompem nas principais cidades americanas episódios de mortes arrepiantes e estranhas que desafiam a razão e surpreendem a mente por sua chocante capacidade de destruição. O que estará causando esse repentino e total colapso do comportamento humano? Será um novo tipo de ataque terrorista, uma experiência mal-sucedida, uma arma diabolicamente tóxica, um vírus fora de controle? Propaga-se pelo ar, pela água... Mas como?Para Elliot Moore (MARK WAHLBERG, indicado ao Oscar) professor de Ciências de um colégio da Filadélfia, o que mais importa é encontrar uma forma de escapar ao fenômeno misterioso e mortal. Embora ele e sua mulher Alma (ZOOEY DESCHANEL) estejam no auge de uma crise conjugal, eles pegam a estrada, primeiramente de trem, depois de carro, junto com um amigo de Elliot, o professor de Matemática Jullian (JOHN LEGUIZAMO, vencedor do Emmy) e sua filha de 8 anos Jess (ASHLYN SANCHEZ), e seguem em direção às fazendas da Pennsylvania, onde esperam estar fora do alcance dos apavorantes e crescentes ataques. No entanto, logo fica claro que ninguém - e nenhum lugar - está a salvo. Esse fenômeno aterrorizante e invisível não pode ser vencido. Somente quando Elliot começa a descobrir a verdadeira natureza daquilo que os espreita lá fora - e o que desencadeou essa força que ameaça o futuro da humanidade - é que vislumbra uma ponta de esperança de que sua família possa escapar do que está acontecendo.
Curiosidades: » Do mesmo diretor de 'O Sexto Sentido', 'Sinais', 'Corpo Fechado', 'A Vila' e 'A Dama na Água'.


LEGENDADO EM PORTUGUÊS:

quarta-feira, 12 de maio de 2010

APENAS UM JUÍZO FINAL !

Em seu ensino concernente às últimas coisas, a Escritura tem mais a dizer sobre o dia do juízo do que sobre qualquer outra coisa. Olhemos brevemente para esse testemunho. Primeiro, a Escritura ensina que haverá apenas um juízo. O juízo das ovelhas e bodes (Mt. 25:31-46), do grande trono branco (Ap. 20:11-15), eoutros juízos mencionados na Escritura não são juízos diferentes, acontecendo em diferentes momentos da história, mas todos são um e o mesmojuízo público final.Há, sem dúvida, certo juízo que acontece durante toda a nossa vida e em nossa morte, mas estamos falando aqui do juízo público e final de cada homem, anjo e demônio. Há somente um juízo dessa natureza, não muitos, como alguns ensinam (as notas da Bíblia de Estudo Scofield ensinam sete). Não é o nosso propósito refutar em detalhe as alegações dos dispensacionalistas e pré-milenistas com respeito aos múltiplos juízos.Daremos apenas um exemplo para mostrar o tipo de argumento pueril que éusado para apoiar tal ensino. É dito que o juízo de Mateus 25:31-46 é um juízo que precede ao fim do mundo em mil anos, e é um juízo das nações que estiverem vivendo então em relação com Israel. Essas nações, assim é dito, serão julgadas somente com respeito ao seu tratamento para com Israel durante os tempos precedentes a esse juízo.A Escritura, contudo, não fala de nações vivendo em Mateus 25, mas de todas as nações (v. 32), e isso mostra claramente que esse juízo não é de nações, mas de cada indivíduo e de acordo com as obras dessas pessoas, assim como o juízo de Apocalipse 20. Mateus 25:46 fala de castigo eterno e de vida eterna, como as outras passagens que falam do juízo final. Esse juízo segue à vinda do Filho do homem em sua glória, uma vinda também descrita em Mateus 24:30, 31, que acontece ao som de uma trombeta.Essa trombeta é a trombeta final mencionada em 1 Coríntios 15:51, 52, 1 Tessalonicenses 4:14-17, e Apocalipse 11:15-18. De acordo com Mateus 24:29, 30, essa vinda de Cristo que é anunciada pelo escurecimento do sol elua, e com nuvens, é visível a todos os olhos – e tudo isso descreve a aparição final de Cristo no final de todas as eras (2Pe. 3:10-17; Ap. 1:7; Ap. 6:12-17). Contudo, a prova mais clara para um único juízo final é encontrada no ensino da Escritura de que todos serão julgados quando Cristo retornar, não alguns agora e outros mais tarde (João 5:28), e que haverá apenas um único juízo, não juízos (Mt. 5:21, 22; Mt. 12:41, 42). É importante crer nisso? Cremos que sim, não somente porque é algo ligado à nossa visão de Israel, da ressurreição e da vinda de Cristo, mas também porque é para esse juízo, e esse somente, que devemos nos preparar, em obediência a 2 Pedro 3:10-18.

Ronald Hanko

PALESTRA SOBRE ESCATOLOGIA BÍBLICA ENTENDENDO O QUE ESTA ACONTECENDO NOS DIAS ATUAIS

ESCATOLOGIA BÍBLICA ENTENDENDO O QUE ESTA ACONTECENDO NOS DIAS ATUAIS

PROGRAMA:

1- O significado da palavra escatologia.
2- Ti pós de escatologia.
3- Doutrina da morte no ponto de vista escatológico.
4- As dispensações.
5- As alianças.
6- As setenta semanas de Daniel.
7- Os sinais da volta de Jesus Cristo para arrebatar a Igreja.
8- O arrebatamento da Igreja.
9-O tribunal de Cristo.
10-A grande tribulação.
11- O milênio.
12-O estado eterno do ser humano e do planeta.

OBJETIVO:

E despertar a atenção de todas as pessoas com relação o que irá acontecer no futuro e procurar a se santificar para estar com o Senhor Jesus Cristo para sempre entender porque as coisas estão acontecendo nos nossos dias.

PUBLICO-ALVO:

E para todas as pessoas que são evangélica e que tem curiosidade de entender escatologia,pessoas amante do estudo da palavra de Deus como os teólogos,filósofos,sociólogos,antropólogos,astrogeólogo cientistas e aqueles que se preocupam em apender a palavra de Deus para se aperfeiçoar e ensinar melhor.

DOCENTE:

Professor ELIAS DE OLIVEIRA Bacharel Teólogo, Professor assistente da FAESP,Membro,Diácono,Professor de Escola Dominical,Pregador,Palestrante,Conferencista da Assembleia de Deus Ministério do Belém Ele é um grande estudioso da matéria Escatologia Bíblica
Servo do Senhor Jesus Cristo.

CARGA HORÁRIA:

30 Horas

FORMAS DE PAGAMENTO:

A VISTA: R$ 600,00 2X 300,00 3X200,00 4X150,00
PROMOÇÃO ESPECIAL: Para seminaristas,teólogos,ensinadores da palavra de Deus acima de 20 pessoas 40% de desconto. R$ 360,00

METODOLOGIA DA PALESTRA :

Oral,e entregando o roteiro da Palestra

LUGAR DA PALESTRA
Igrejas Escolas,Faculdades,Associações e Empresas, Centros Acadêmicos

CONTATO

PALESTRANTE ELIAS DE OLIVEIRA
AVENIDA CELSO GARCIA 2210 CEP 03014000
BELENZINHO SÃO PAULO SP
FONES :34617496 OU 97486104

E o purgatório existe?!

Lucas 12.46-48 faz alusão ao purgatório?

“Virá o senhor daquele servo no dia em que o não espera, e numa hora que ele não sabe, e separá-lo-á, e lhe dará a sua parte com os infiéis.
E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites;
Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá.”

O Catolicismo tenta usar esse texto para arvorarem que a idéia de purgatório é bíblica. De acordo com a teologia romanista, o purgatório além de ser um lugar de purificação de pecado é também um lugar onde a alma cumpre pena; pelo que o fogo do purgatório deve ser temido grandemente. Jesus disse que as pessoas assim condenadas irão para o castigo eterno (MT 25.46).
Ele não disse nada sobre um lugar de purificação após a morte ou de que o pecador que partiu desta vida teria outra oportunidade (HB 9.27).
O texto alvo de nosso comentário mostra que assim como haverá diferentes graus de glória (galardões) no novo céu e na nova terra (I CO 15.41,42), também haverá diferentes graus de sofrimento no inferno. "E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna" (MT. 25.46). O Texto de Lucas em nada se refere à idéia de purgatório, mas a grau de punição no inferno eterno - "A fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, nem aquele que recebe o sinal do seu nome". (Ap. 14.11).

Fonte: CACP
Informativo: Era da Colheita/Ano II N°14
Assembléia de Deus de Itapipoca
Editor: Daniel Carvalho

CURIOSIDADES - " 7 " Jogadores EVANGÉLICOS foram convocados para a Copa 2010 na África, Eles agradecem publicamente à Deus...









Na tarde da convocação de Dunga à Seleção Brasileira para a Copa 2010, pelo menos sete ( 7 ) jogadores declaradamente evangélicos foram escalados: Daniel Alves, Felipe Melo, Gilberto Silva, Lúcio, Luisão, Luís Fabiano e Kaká.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

The Secret - O Segredo

A Sedução de “O Segredo”
Dave Hunt
A última armadilha do ocultismo para capturar a imaginação do Ocidente é chamada O Segredo. O livro com este nome é um bestseller no topo da lista do New York Times, tendo vendido rapidamente seis milhões de cópias. O DVD do mesmo título foi adquirido por mais de dois milhões de pessoas. Ambos contêm muitos erros, interpretações errôneas, falsas premissas e falsas promessas. Mas, quem se dá conta? Você deveria importar-se. Com as informações seguintes, você poderia resgatar alguém do inferno.
As numerosas interpretações errôneas já começam no próprio título do livro. O Segredo nada tem de segredo, mas, sim, de tolice, hinduísmo, xamanismo e Nova Era reciclados.


Uma das mais gigantescas mentiras é a sua afirmação: “Você cria a sua própria realidade com a sua mente”. Foi essa a falsa promessa da serpente feita a Eva, a promessa da divindade (Gênesis 3). Abraçar essa ilusão custou a Eva e aos seus descendentes o paraíso do Éden e teria fechado o céu à humanidade inteira se Cristo não tivesse morrido pelos pecados do mundo. Em 6.000 anos, desde o Éden, a promessa da serpente ainda não foi cumprida na vida de uma pessoa sequer.
Informações errôneas e falsas afirmações seguem-se umas às outras, numa louca parada de absurdos. Borrifada no livro e no DVD está a afirmação de que o Segredo é cientificamente comprovado como sendo verdadeiro. Por exemplo: “Foi cientificamente comprovado que um pensamento afirmativo é centenas de vezes mais poderoso do que um pensamento negativo”.[1] Quando, onde e como?

Leia mais em: http://www.chamada.com.br/mensagens/o_segredo.html


As mentiras fundamentais são basicamente: não existe um Deus pessoal que criou o Universo e faz leis que os homens devem obedecer. O Universo sempre esteve aqui e nós o criamos com as nossas mentes, através de inúmeras leis ocultas, as quais existem para realizar nossos desejos egoístas. Uma das mais indutivas é “a lei da atração”. Qualquer pensamento (saúde, riqueza, desastre, lucro, perda, dor, alegria, etc.) que você mantém em sua mente pode ser atraído como uma realidade em sua vida. Somos todos deuses e criamos nossos destinos individuais com os nossos pensamentos. A amoralidade do Segredo deveria ser evidente a alguém que pára para pensar. Hitler já não seria mais responsável pelo Holocausto do que suas vítimas, as quais o criaram coletivamente em suas mentes. O mesmo se deu com o Titanic, com a queda de qualquer avião e com as vítimas de qualquer assassinato.
“Você cria a sua própria realidade com a sua mente”. Foi essa a falsa promessa da serpente feita a Eva, a promessa da divindade (Gênesis 3).


O livro e o DVD se baseiam em nada mais que as declarações de uma porção de supostos peritos na área da motivação, do sucesso e do pensamento positivo. Quem são eles? São “os mestres não alinhados, os trans-religiosos progressistas... os luminares espirituais... os mestres da metafísica espiritual... o dominador do Feng Shui, os líderes bem-sucedidos nos negócios... os fundadores do movimento do Novo Pensamento... um mensageiro espiritual dos tempos modernos, e assim por diante”. Certamente eles não pertencem à mesma classe de Jesus Cristo, o qual comprovou Sua Divindade com a própria vida sem pecado e com os Seus milagres, morreu pelos nossos pecados e ressuscitou dos mortos. Os “peritos” citados e apresentados em O Segredo não fazem parte de um grupo em cujas mãos alguém pudesse entregar a sua vida e muito menos o seu destino eterno.

Wallace Wattles – um diligente estudioso do Segredo durante a maior parte de sua
breve existência, outro fundador do movimento do Novo Pensamento. Seu livro mais
famoso foi “A Ciência de Ficar Rico”, contudo, ele viveu a maior parte de sua
vida na pobreza. Essa sua maior realização foi publicada em 1910. Wattle faleceu
em 1911, aos 51 anos de idade. Será que ele não desejava viver mais tempo para
ver o sucesso do seu livro e para poder escrever mais sobre as maravilhas
benéficas do Segredo, embora este tenha falhado com ele? Mesmo assim, Wattles
não pôde acrescentar um minuto sequer à sua vida. Para ele, um dos principais
proponentes, o Segredo não funcionou.

O livro e o DVD também contêm erros factuais. Há a declaração de que, por terem aplicado o Segredo, os “babilônios se tornaram uma das raças mais ricas da história”. Não! Foi através do seu poderio militar, ao custo de muitas vidas, da tortura e da escravização de multidões de vítimas. A Babilônia foi um dos impérios mais cruéis da história. Será que isso recomenda O Segredo? Felizmente, a Babilônia já não existe. Por que ela caiu? Será que o Segredo fracassou com os babilônios? Ou será que eles não souberam aplicá-lo devidamente? A evidência é esmagadora: o Segredo é uma mentira!

A Origem e Queda de Satanás


Na história do Universo nunca houve – nem haverá – traição maior. A criatura que representava a mais magnificente obra de seu Criador ressentiu-se de que sua glória era apenas emprestada, de que o papel que lhe estava destinado era o de tão somente refletir a infinita majestade do Deus que lhe deu o fôlego da vida. Dessa maneira, nasceu no coração de Lúcifer – e, em última análise, no recém-criado universo moral – o desprezível impulso da rebelião. Esse impulso originou a insurreição angélica que foi a mais terrível sedição na história em todos os tempos.


Uma questão preliminar

Por mais importante e original que tenha sido essa rebelião angélica, as Escrituras não incluem um registro específico do evento. No Antigo Testamento, Satanás aparece pela primeira vez no relato da queda de Adão (Gn 3). Ali, no entanto, ele já era o tentador caído que seduziu os primeiros seres humanos ao pecado. Dessa forma, já no início das Escrituras, a queda de Satanás é tratada como fato. Mas, por razões que não são esclarecidas em nenhum lugar, o próprio relato de sua queda está ausente nesse registro.

Ainda assim, o evento é lembrado duas vezes nos escritos dos profetas: por Isaías, em meio a uma inspirada diatribe contra a Babilônia (Is 14.11-23), e, mais tarde, por Ezequiel, quando ele repreende duramente o rei de Tiro (Ez 28.11-19). Essas duas passagens contam-nos a maior parte do que sabemos sobre a queda de Satanás.

Entretanto, aqui temos algumas dificuldades exegéticas. Em ambas as passagens, a menção da rebelião de Lúcifer aparece abruptamente num contexto que não trata, especificamente, de Satanás. Esse fato levou muitos estudiosos da Bíblia a rejeitar a idéia de que as passagens se referem a uma rebelião luciferiana e a insistir que elas focalizam exclusivamente os governantes humanos das nações pagãs às quais são dirigidas.

Apesar disso, é preferível entender que Isaías e Ezequiel propositalmente queriam levar os leitores para além dos crimes de reis humanos, guiando-os até a percepção do grande arquétipo do mal e da rebelião, o próprio Satanás. Essas passagens incluem descrições que, mesmo levando em conta a inclinação ao exagero por parte de governantes da Antiguidade, não poderiam ser atribuídas a qualquer ser humano. O emprego da primeira pessoa do singular (por exemplo: "Eu subirei..."; "exaltarei o meu trono..."; "me assentarei...") em Isaías 14.13-14 refletiria um nível de ostentação indicativo de insanidade, caso fosse proferido por um mero ser humano, mesmo em se tratando de um dos monarcas pagãos babilônicos, que a si mesmos divinizavam. E qual rei de Tiro poderia ser descrito como "cheio de sabedoria e formosura... Perfeito... nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado..." (Ez 28.12,15)?

Além disso, a Bíblia ensina explicitamente que a perversidade do mundo visível é influenciada e animada por um domínio povoado por espíritos caídos, invisíveis (Dn 10.12-13; Ef 6.12), e que, em sua campanha traiçoeira e condenável de frustrar os propósitos do Deus verdadeiro, esses espíritos maus são dirigidos por Satanás, o "deus deste século" (2 Co 4.4).

É característico dos escritores bíblicos fazer a conexão entre o mundo visível e o invisível, e isso de forma tão abrupta que pega o leitor momentaneamente desprevenido. Quando Pedro expressou seu horror ante o pensamento da morte de Jesus, o Senhor lhe respondeu "Arreda, Satanás!" (Mt 16.23; cf. 4.8-10). De forma semelhante, repentinamente e sem aviso, o profeta Daniel pula de uma descrição profética sobre Antíoco Epifânio (Dn 11.3-35) para uma descrição similar do Anticristo dos tempos do fim (Dn 11.36-45). Antíoco, governante selêucida no período intertestamentário, precede o vilão maior que conturbará a terra nos últimos dias. Um salto abrupto e não-anunciado do mundo político ganancioso, auto-engrandecedor, visível, para o drama arquetípico que se desenrola num mundo invisível aos seres humanos – mas que, apesar de não ser visto, deu origem às atitudes denunciadas nessas passagens –, tal salto não está fora de lugar nas Escrituras.

Finalmente, por trás das conexões feitas nessas duas passagens pode muito bem estar um tema que freqüentemente retorna nas Escrituras. Nos tempos primitivos da Terra após a queda, os rebeldes de Babel estavam determinados a construir "uma cidade e uma torre" (Gn 11.4). A cidade era um centro de atividade comercial, enquanto a torre representava o ponto focal do culto pagão. Essa dupla caracterização do cosmo como expressão de egoísmo (o espírito ganancioso do comercialismo não-santificado) e de rebelião (a busca por ídolos) ressoa ao longo de toda a Palavra de Deus, chegando a um clímax em Apocalipse 17-18, onde anjos que se mantiveram fiéis a Deus anunciam a tão esperada e muito merecida destruição da Babilônia religiosa e comercial.

É instrutivo notar que enquanto todo o trecho de Ezequiel 26-28 repreende severamente a Tiro – o mais importante centro de comércio e de riqueza nos dias desse profeta – Isaías 14 denuncia Babilônia, que representa o centro da falsa religião ao longo de toda a Escritura. Talvez essa caracterização do cosmo caído como "cidade e torre" – tão importante naquilo que a Escritura afirma em relação ao mundo em rebelião contra Deus – ajude a explicar o salto dado pelos profetas nas passagens que consideramos. Quando contemplavam a cultura de seu tempo, que incorporava perfeitamente um elemento do cosmo caído, cada um deles se sentiu compelido pelo Espírito superintendente de Deus a focalizar a rebelião angélica dos tempos primitivos, a qual animava a rebelião humana que estavam denunciando.

Dessa forma, essas duas críticas severas, que identificam os espíritos perversos de cobiça inescrupulosa e rebelião espiritual, ajudam a explicar por que tais espíritos predominam tantas vezes ao longo da história humana. Os textos referidos, ao mesmo tempo, também antecipam a destruição profeticamente narrada em Apocalipse 17 e 18.

A linhagem de Satanás

De Isaías 14 e Ezequiel 28 emerge um quadro relativamente extenso de Satanás antes de sua rebelião.

Sua pessoa: Ele foi o ser mais exaltado de toda a criação (Ez 28.13,15), a mais grandiosa das obras de Deus, um ser celestial radiante, que refletia da maneira mais perfeita o esplendor de seu Criador. Assim, ele apropriadamente era chamado de Lúcifer. Essa palavra vem de uma raiz hebraica que significa "brilhar", sendo usada unicamente como título para referir-se à estrela de maior brilho e cujo resplendor mais resiste ao nascimento do Sol. O nome Lúcifer tornou-se amplamente usado como título para Satanás antes de sua rebelião porque é o equivalente latino dessa palavra. Na realidade, é difícil saber com certeza se o termo foi empregado com o sentido de nome próprio ou de expressão descritiva.

Seu lugar: Ezequiel afirmou que esse anjo exaltado estava "no Éden, jardim de Deus" (Ez 28.13). Aqui, a referência não é ao Éden terreno que Satanás invadiu para tentar a humanidade, mas à sala do trono em que Deus habita em absoluta majestade e perfeita pureza (veja Is 6; Ez 1). Ezequiel 28 também chama esse lugar de "monte santo de Deus", onde Lúcifer andava "no brilho das pedras" (v. 14). Essas descrições não são apropriadas ao Éden terreno, mas adequadas à sala do trono de Deus, conforme representações em outros lugares da Escritura.

Sua posição: Satanás é denominado "querubim da guarda ungido" (Ez 28.14). Querubins representam a mais alta graduação da autoridade angélica, sendo seu papel guardar simbolicamente o trono de Deus (compare os querubins esculpidos flanqueando a arca da aliança – o trono de Javé – no Tabernáculo ou Templo, Êx 25.18-22; Hb 9.5; cf. Gn 3.24; Ez 10.1-22). Lúcifer foi ungido (consagrado) por sentença deliberada de Deus (Ez 28.14: "te estabeleci") para a tarefa indizivelmente santa de guardar o trono do todo-glorioso Criador. Ele é descrito como sendo dotado de beleza inigualável, vestido de luz radiante, equipado com sabedoria e capacidade ilimitadas, mas também criado com o poder de tomar decisões morais reais. Portanto, a obrigação moral mais básica de Satanás era a de permanecer leal a Deus, de lembrar sempre que, independentemente de quão elevada fosse a sua posição, seu estado era o de um ser criado.

A queda de Satanás


Neste ponto, encontramo-nos diante de um dos mais profundos mistérios do universo moral, conforme revelado nas Escrituras: "Como é que o pecado entrou no universo?" Está claro que a entrada do pecado tem conexão com a rebelião de Satanás. Mas, como foi que o impulso perverso surgiu no coração de alguém criado por um Deus perfeitamente santo? Diante de tal enigma, temos de reconhecer que as coisas encobertas de fato pertencem a Deus; as reveladas, no entanto, pertencem a nós (Dt 29.29). E três dessas realidades claramente reveladas merecem ser enfatizadas:

Primeiro:
a queda de Lúcifer foi resultado de sua insondável e pervertida determinação de usurpar a glória que pertence unicamente a Deus. Esse fato é explicitado em uma série de cinco afirmações que empregam verbos na primeira pessoa do singular, conforme registradas em Isaías 14.13-14. Nisto consiste a essência do pecado: o desejo e a determinação de viver como se a criatura fosse mais importante que o Criador.

Segundo:
Satanás é inteira e exclusivamente responsável por sua escolha perversa. Nisso existe uma dimensão inescrutável. Alguns têm argumentado que Deus deve ter Sua parcela de responsabilidade por este (e todo outro) crime, porque, caso fosse de Seu desejo, poderia ter criado um mundo em que tal rebelião fosse impossível. Outros dizem que, se Deus tivesse criado um mundo em que apenas se pudesse fazer o que o seu Criador quisesse, nele não poderiam ser incluídos agentes morais feitos à imagem de Deus, dotados da capacidade de tomar decisões reais – e, conseqüentemente, de escolher adorar e amar a Deus. Há verdade nessa observação, mas também há mistério. O relato deixa claro que o orgulho fez com que Lúcifer caísse numa terrível armadilha (Is 14.13-14; Ez 28.17; cf. 1 Tm 3.6), mas nada explica como tal orgulho de perdição pode surgir no coração de uma criatura de Deus não caída e perfeita.

No entanto, não há mistério quanto ao fato de que Satanás é, totalmente e com justiça, responsável pelo seu crime. Ezequiel 28.15 afirma explicitamente que Lúcifer era perfeito desde o dia em que foi criado, "até que se achou iniqüidade em ti". A culpabilidade moral é dele, e apenas dele. Na verdade, em toda sua extensão, a Bíblia afirma que Deus governa soberanamente o universo moral e controla todas as coisas – inclusive a maldade de homens e anjos – para que correspondam aos seus perfeitos propósitos. Mas ela também ensina que Deus não deve e não será responsabilizado por essa maldade, em qualquer sentido.

Finalmente, por causa de sua rebelião, Satanás tornou-se o arquiinimigo de Deus e de tudo o que é divino. Sua queda – bem como a dos espíritos que se uniram a ele – é irreversível; não há esperança de redenção. Satanás foi privado da comunhão com o Deus santo de forma final e irrecuperável. Para ser exato, Satanás ainda tem acesso à sala judicial do trono do Universo por causa de seu papel de acusador dos irmãos, papel este que lhe foi designado divinamente (Jó 1 e 2; Zc 3; Lc 22.31; Ap 12.10). Tal acesso, no entanto, é destituído da comunhão com Deus ou da Sua aceitação. Devido à sua traição, que foi a mais terrível na história do cosmo, Satanás e seus anjos somente podem esperar a condenação e a punição eternas (Mt 25.41). (Douglas Bookman - Israel My Glory - http://www.chamada.com.br)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCERIA DE DIVULGAÇÃO :


VÍDEOS:

Loading...

CURIOSIDADES INTERESSANTES - OS SINAIS NO CÉU ( O importante são os FATOS ACONTECIDOS )

OS SINAIS NO CÉU:

- "... Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas." (Lc. 21,25)

> Asteroide atinge ponto mais próximo da Terra na noite desta terça
> Aurora boreal é flagrada no sul dos EUA e surpreende especialistas

> Fenômeno meteorológico cria arco-íris em torno do Sol em Brasília.

> Tempestades solares podem causar catástrofes mundiais.

> Asteroide gigante passará próximo da Terra em novembro, diz Nasa.

> Nasa captura gigantesca erupção solar.

> Imagens da Nasa mostram grande explosão solar.

> Raios já mataram 72 pessoas no Brasil em 2010.

> Cometa Hartley 2 está visível por binóculo no Brasil a partir desta 5ª

> Asteróide "perigoso" passará próximo à Terra em outubro.

> Lua está encolhendo como uma maçã velha, diz estudo da Nasa

> Chuva de meteoros é registrada em várias partes do mundo.

> Chuva de meteoros nesta quinta será espetacular, diz Nasa.

> Meteorito ilumina início de noite em São Paulo.

> Nasa capta imagem de erupção gigante do Sol.

> Meteoro cai e causa clarão em quatro estados dos EUA.

> Mar avança e ameaça residências em cidade de SC.

> Maré sobe 1,5 m e invade ruas e casas em Florianópolis.

> Índices de radiação solar atingem nível máximo em SP.

> Meteorito caiu em um consultório Medico nos EUA.

> Túnel de nuvens é fotografado em praia do Uruguai.

> Luz em forma de espiral é vista no céu da Noruega.

> Chuva de meteoros anual corta o céu dos EUA

> Maior eclipse solar do século só pode ser visto na Ásia

> Baixa atividade do sol intriga astrônomos.

> Asteróide passa de raspão pela Terra, afirmam astrônomos.

> Alinhamento de planetas: Aproxima-se a era de aquários?

> Cometas escuros seriam ameaça à Terra diz revista.

> Hubble fotografa supernova em galáxia anã próxima à Terra

> Colisão com asteróide gigante fez Lua girar 180 graus.

> Tríplice conjunção é o espetáculo celeste do ano.


FONTE - © Últimas e Derradeiras Graças