( "HERÓIS DA FÉ" ) "Participe e diga pela FÉ" !! EU VOU NO ARREBATAMENTO !! Click em SEGUIR !

O BRASIL é de "Jesus"! SEJA UMA VOZ PARA ESTE MUNDO ! Anunciando que: BREVE JESUS VOLTARÁ !!!

EU VOU NO ARREBATAMENTO!!! E VOÇE? (Música Oficial do BLOG autorizado pelo própoio Cantor Lázaro)

CARTA AO LEITOR:

SEJAM BEM VINDOS!... QUERIDO SEGUIDOR E LEITORES DE NOSSO BLOG !... QUERO COM CARINHO DEIXAR BEM AVISADO QUE: INDEPENDENTE DE PLACA DENOMINACIONAL NÓS POSTAREMOS TODO TIPO DE MENSAGENS, IMAGENS E VÍDEOS RELACIONADOS AO TEMA ESCATOLÓGICO DE QUALQUER ORDEM E DE QUALQUER AUTOR SOBRE O TEMA: "ARREBATAMENTO" E TUDO RELACIONADO AO FIM DOS TEMPOS...(Curiosidades e outros). PARA QUE POSSAMOS REFLETIR, PESQUISAR E COM SABEDORIA, COLOCAR EM DEBATE DE FORMA SADIA, TUDO AQUILO QUE PENSAMOS A RESPEITO. E ASSIM PODEMOS COMENTAR E DIZER AQUILO QUE PENSAMOS SEM OFENDER E RESPEITANDO UNS AOS OUTROS, CERTO QUE DE NINGUÉM NASCE SABENDO !... E CLARO QUE SÓ O ESPÍRITO SANTO NOS FARÁ COMPREENDER A RAZÃO DOS FATOS: ASSIM -TRIBUTAMOS A DEUS A HONRA, A GLÓRIA E O LOUVOR !...

Att - Pr. Katzenelson Canuto

QUEM TEM FÉ PARA DOAR, COM CERTEZA TERÁ FÉ PARA RECEBER !...

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AGÊNCIA - 2399
OPERAÇÃO - 013
CONTA POUPANÇA - 22968-5
Você pode fazer com que esse trabalho evangelístico continue. Seja um Internauta Missionário, ajudando a manter esse BLOG e proporcionando o seu crescimento. Você pode fazer a sua doação no valor de R$ 20, R$ 30, R$ 50, R$ 100 ou mais, tornando-se, assim, este auxiliar e levando vida aos que padecem, livrando-os daquilo que tem aprisionado suas vidas ao sofrimento. Queremos continuar a levar a palavra de fé no Deus Vivo a todos os sofredores. E a internet é um grande meio de chegarmos aos lugares mais remotos deste mundo. Hoje, o Ministério EU VOU NO ARREBATAMENTO conta com vários parceiros e estamos adquirindo novos servidores para dar a todos o melhor. Seja um INTERNAUTA MISSIONÁRIO. Nada é mais glorioso do que ganhar almas. Lembre-se: dai, e dar-se-vos-á... "Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes." Salmo 126:6

NAQUILO QUE DEUS TOCAR NO SEU CORAÇÃO PARA DOAR, POR FAVOR NOS COMUNIQUE POR EMAIL - katzenelsondf@gmail.com

E DEUS VOS RECOMPENSARA EM BENÇÃOS!!!

terça-feira, 27 de outubro de 2015

FAMÍLIA - SETE ERROS de comunicação que os casais cometem e Comunicação Eficaz

                                     
Existem alguns casais que podem viver brigando com freqüência, apesar de orar, de ler a Bíblia e de se amarem. Facilmente por qualquer bobagem se desentendem. E assim, podem chegar ao ponto de se agredirem mutuamente por meio de palavras proferidas com raiva e ressentimentos.

O apóstolo Paulo faz a seguinte advertência: “Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede que não sejais mutuamente destruídos.” – Gálatas 5:15.

À luz da Bíblia pode-se afirmar que é possível discordar sem brigar, discutir sem se ferir, falar a verdade sem magoar. Portanto é necessário que o casal reconheça que possui maus hábitos na maneira de conversar (às vezes, herdados imperceptivelmente de outras pessoas) e comece um processo espiritual de colocar em prática algumas dicas bíblicas de comunicação em sua vida conjugal.

1. NÃO FALAR O QUE ESTÁ ACONTECENDO CONSIGO

Então, lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui e vigiai comigo.” – Mateus 26:38.

O exemplo de Cristo em comunicar Seus mais íntimos sentimentos elucida a importância psicoemocional do diálogo sincero e aberto em nossos relacionamentos. No tocante ao casamento, entendemos que a comunicação pode fluir de forma íntima e verdadeira se houver entre o casal uma base sólida de companheirismo, compreensão, cumplicidade e confiança a ponto de poder expor para o outro, sem ter medo, o que está acontecendo em sua mente e coração. Esse é o nível mais íntimo de comunicação que um casal pode atingir em seu relacionamento: A revelação do que está acontecendo consigo. Essa liberdade de expressão é fundamental para se saber como fazer o outro feliz.
Ao comemorar as bodas de ouro, certo casal foi entrevistado por um repórter que desejava saber o segredo de um casamento tão duradouro. Então, sentindo-se orgulhoso, o marido respondeu:
- Você conhece o pão-bengala? A parte da qual mais gosto é o bico desse pão, mas desde que nos casamos, eu o corto e dou para minha mulher. Essa atitude simboliza um princípio do amor que sigo: primeiro ela.
Por sua vez, a esposa respondeu: Eu não sabia disso. Eu não gosto dessa parte do pão, e durante cinqüenta anos tenho comido por amor a ele. Agora que estamos sabendo, finalmente, vamos comer a parte da qual mais gostamos do pão.

2. VIVER MENTINDO E RECLAMANDO

Deixando, pois, toda malícia, e todo engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações.” 1 Pedro 2:1.
O amor, a confiança e a verdade geram intimidade. Isso é um princípio: Não existe intimidade num casamento sem verdade. Quando um dos cônjuges começa a mentir e enganar o outro, às vezes, por medo de ofendê-lo, pouco a pouco vai se metendo em situações cada vez mais difíceis. Por isso, Ralph W. Emerson disse: “Aquele que profere uma mentira não pode avaliar em que enrascada se meteu, pois precisará inventar mais vinte mentiras para encobrir a primeira.” E assim, transformará sua vida conjugal em uma teia de mentiras, a qual mais cedo ou mais tarde se romperá de forma dolorosa.

O casal que não vive reclamando, e nem esconde nada um do outro atinge um excelente nível de segurança e satisfação no relacionamento. Pois, a liberdade de falar a verdade, com amor, proporcionará ao casal uma comunicação plena e saudável.

3. NÃO PARAR PARA OUVIR

Todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.” – Tiago 1:19.

Quando temos pouca disposição para ouvir nosso cônjuge transmitimos a impressão de que o que ele pensa e sente não são tão importantes para nós. E assim, quem não quer ouvir se aborrece e quem quer falar se sente desvalorizado e rejeitado. Se isso acontece com você, use um cronômetro mental e procure investir mais tempo para ouvir seu cônjuge de duas formas: Por meio dos ouvidos (você ouve o que ele está dizendo) e pelo coração (o que ele está sentindo). Desenvolva a habilidade de ouvir seu cônjuge com interesse. Pare o que está fazendo e preste atenção no que ele está dizendo, ainda que você esteja assistindo a uma partida de futebol na televisão, ou seu seriado predileto (risos). Demonstre atenção por meio dos olhos e da expressão facial e corporal. Ele vai se sentir amado, valorizado, compreendido, aceito e apoiado. Essa atitude, ouvir mais e falar menos, vale por mil “eu te amo!”. Se, de repente, não for possível ouvir o outro naquele momento, diga-lhe: “Eu sinto muito não poder dar a atenção que você merece agora, mas a gente pode conversar melhor tal hora.”
Mulheres, para evitar falar com as paredes, lembrem-se dessa dica: De acordo com o terapeuta de casais Steve Stephens, geralmente a atenção de um homem dura três minutos, depois disso é aconselhável fazer-lhe perguntas e tocar nele com carinho, a fim de que ele mantenha a atenção no que você diz.

4. FALAR COM RAIVA

Irai-vos e não pequeis; não se ponha o Sol sobre a vossa ira.” – Efésios 4:26.

A única forma de não pecar por causa da ira que está sentindo é estabelecer como hábito a prática espiritual de nunca falar ou fazer alguma coisa com raiva. Pois, 99,99% das vezes que falamos ou fazemos qualquer coisa com raiva erramos. Por isso, dê sempre um tempo, pois a ira vem, mas passa se você não alimentá-la em seu coração por meio de pensamentos e palavras. Lembre-se do que a Bíblia afirma: “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.” – Provérbios 15:1. Suscita a ira tanto no coração de quem ouve como de quem fala.

Conta-se que depois de muitos anos de economia, certo rapaz comprou seu primeiro carro. Ele cuidava daquele carrinho “velho-novo” com muita dedicação. Um dia, ele foi passar o final de semana na casa da namorada que morava em outra região do país. Quando retornou viu que seu carro não estava como ele havia estacionado, e mais, havia um arranhão numa das portas e o pneu estava baixo. Ficou mais irado ainda, quando descobriu a causa de tudo: seu irmão havia usado o carro, escondido. A fúria foi tão grande que ele decidiu ir ao encontro do irmão que estava na faculdade. Ao tomar conhecimento, seu avô o chamou à parte e lhe disse: Você se lembra quando pegou o sapato emprestado de seu irmão e o sujou todo de lama? Você queria lavá-lo imediatamente, mas eu recomendei que esperasse o barro secar, pois assim ficaria mais fácil limpá-lo? Então, espere a raiva secar e depois vá falar com seu irmão. Dessa forma evitaremos briga em família. E as brigas, meu querido neto, muitas vezes não resolvem os problemas, agrava-os ainda mais.

5. FALAR OU RESPONDER COM RISPIDEZ E AGRESSIVIDADE

A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um.” – Colossenses 4:6.

Em qualquer situação esse é o princípio que deve reger nossa comunicação na vida a dois. A maneira como falamos ou respondemos ao nosso cônjuge é mais importante do que o que e como ele fala. Se a sua palavra ou resposta sempre for agradável e temperada com pitadas de sal de sabedoria, de compreensão e mansidão dificilmente haverá retaliação, feridas emocionais e ódio. Por isso, sempre prefira falar ou reagir com sabedoria e delicadeza, ao invés de rispidez e agressividade.

Certo dia, o Sol e o vento estavam discutindo diante da natureza sobre qual deles era o mais forte. De repente, surgiu um velhinho que estava caminhando em direção a sua casa. O vento decidiu desafiar o Sol dizendo:
- Aposto que consigo tirar o casaco daquele velhinho mais depressa do que você.
A natureza pegou o cronômetro e o Sol se escondeu por trás de uma nuvem. Então, o vento começou a soprar e quanto mais forte soprava, mais o velhinho se encolhia embrulhando-se no casaco. Quando o vento quase ia se transformando em furacão a natureza disse: - Basta! Assim você vai matar o velhinho.
Por sua vez, o Sol saiu, olhou e sorriu para o velhinho. E este foi logo tirando o casaco e enxugando o suor da testa com o lenço. Assim não só ficou provado que o Sol é mais forte do que o vento, mas que a delicadeza é melhor do que a fúria.

6. FALAR SEM AVALIAR PRIMEIRO O QUE VAI DIZER

As pessoas sábias pensam antes de responder, as pessoas más respondem logo, porém as suas palavras causam problemas.” – Provérbios 15:28 (Nova Tradução na Linguagem de Hoje).

Não se precipite! Exerça domínio próprio a ponto de ouvir, com equilíbrio emocional, tudo o que seu cônjuge tem para lhe dizer. Não cometa o erro de interrompê-lo porque isso poderá deixá-lo irritado. Não peça, impaciente, que ele fale com calma porque isso é uma incoerência. Avalie sempre o que vai dizer.

Não use o silêncio como resposta porque isso poderá fazer com que ele pense que está certo, ou que você o está menosprezando. É necessário falar, mas é importante avaliar primeiro sobre o impacto que suas palavras irão causar no coração dele. Por isso, o apóstolo Paulo aconselha: “Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam os outros a crescer na fé e a conseguir o que necessitam...” – Efésios 4:29 (Nova Tradução na Linguagem de Hoje).

7. AMEAÇAR, CENSURAR, CRITICAR E CONDENAR QUANDO O OUTRO ERRA

Irmãos, se alguém for surpreendido em alguma falta, vós, que sois espirituais corrigi-o, com o espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado.” – Gálatas 6:1.

Quando um dos cônjuges erra, não precisa que o outro lance contra ele as pedras da crítica, censura, condenação e ameaças porque sua própria consciência já o apedreja. Por isso, corrija-o, espiritualmente, com a brandura da sabedoria e do perdão, a fim de que ele se sinta encorajado, por amor, a vencer seu erro. Experimente essa fórmula bíblica, e você verá que ao plantar uma flor de brandura no coração de seu cônjuge, surgirá um jardim de paz no seu casamento.

Creio que estas dicas funcionam, no entanto, faz-se necessário que vocês:

1. Orem. O salmista afirma: “Ainda a palavra me não chegou à língua, e Tu, Senhor, já a conheces toda.” – Salmo 139:4. Uma vez que é assim, clame do íntimo de seu coração, quando sentir-se tentado a falar de uma forma que não deveria; “põe guarda, Senhor, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios.” – Salmo 141:3.
2. Memorizem e recitem: “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.” – Provérbios 25:1.
3. Pratiquem. Pois, a Bíblia afirma o seguinte: “Se alguém entre vós cuida ser religioso e não refreia a sua língua, antes, engana o seu coração, a religião desse é vã.” – Tiago 1:26.

Ibson Roosevelt
Diretor do Ministério da Família – Associação Planalto Central, Brasília, DF

COMUNICAÇÃO NA FAMÍLIA
EFÉSIOS 4.25 - 5.2

Vivemos na era da comunicação: rádio, TV, telefone, computador, Internet... E a cada dia que passa o mundo se faz menor, pois a facilidade na comunicação divulga rapidamente comportamentos e acontecimentos dos vários povos, reduzindo as distâncias e aproximando as pessoas. Um episódio ocorrido em qualquer parte do mundo corta o espaço e o tempo em segundos ou instantaneamente, via satélite.

Porém, é lamentável perceber que o desenvolvimento que tanto facilita a vida moderna não foi capaz de reduzir as constantes reclamações quanto à comunicação inter-pessoal. Na vida de cada dia, a correria, o cansaço, a TV, os atritos, etc, roubam a possibilidade da comunicação tão necessária ao relacionamento familiar, e, infelizmente, as pessoas vão se tornando estranhas mesmo residindo sob um mesmo teto. Como este problema afeta a vivência familiar? Quais as possíveis implicações e interferências na comunicação na família? Dizem que "roupa suja se lava em casa". Como fazer isto?

LIÇÕES PRÁTICAS

Todo mundo tem uma experiência que merece ser compartilhada com outrem" - eis um princípio simples das relações humanas. De fato, não somos ilhas. E precisamos nos relacionar uns com os outros. Em Gênesis 2.18, aprende-se que Deus criou o homem e a mulher para um compartilhar constante. Em casa, junto aos que convivem conosco, o desafio da comunicação se reveste de um sentido bastante profundo. Cada família tem as suas distinções e peculiaridades. Portanto, não há fórmulas mágicas, nem receitas prontas quanto à comunicação familiar. Ousamos, no entanto, levantar algumas idéias para a discussão e amadurecimento deste empolgante tema que diz respeito à comunicação familiar.

1. COMUNICAÇÃO ABERTA

No lar todos precisam se sentir à vontade. Cada um deve ter espaço para compartilhar seus problemas, resolver as suas dúvidas, falar das suas necessidades, comemorar as suas vitórias, etc, em uma conversa aberta, sem barreiras e preconceitos. A inexistência desta liberdade de comunicação tem obrigado muitos a extravasar as suas necessidades com outras pessoas. E nem sempre isso acontece com alguém devidamente preparado.

Por exemplo, na adolescência, quantos pais dedicam tempo para conversar sobre questões vocacionais, sentimentais, sexuais, espirituais, etc. que se encontram "à flor da pele"? Não são poucos os problemas decorrentes da ausência desta comunicação.

Há muitas e diversas necessidades que precisam ser abertas livremente para um tratamento de todos os membros da família que concentrarão esforços na busca de soluções.

2. COMUNICAÇÃO HONESTA

No texto lido, o Apóstolo menciona: "fale cada um a verdade com o seu próximo " oferecendo oportuna orientação quanto à comunicação sincera, honesta, autêntica. É lamentável constatar que muitos filhos aprendem a mentir com os pais. E em casa, onde todos se conhecem e até identificam o "ponto fraco" do outro, a honestidade precisa ser levada muito a sério. Há muitas crises conjugais (e familiares) que são geradas
pela ausência de sinceridade entre os membros da família, onde se percebe literalmente que "a mentira tem pernas curtas".

A família precisa ter um relacionamento transparente, onde todos se amam e praticam a verdade. E lógico que não se pode confundir franqueza com aspereza ou intolerância.

Recomenda o Apóstolo: "a vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um" (Cl 4.6). Mas, ensina Jesus, seja o vosso falar SIM, SIM e NÃO, NÃO.

3. COMUNICAÇÃO RESPEITOSA

Em seu poder criativo, Deus imprimiu caracteres e impressões distintas em cada pessoa. Não existem duas pessoas iguais. Podem ser gêmeos, parecidos, semelhantes: não iguais. Isso significa que cada um tem uma digital de personalidade que o distingue de todos os demais. E cada um precisa ser respeitado. Responsabilidades e compromissos domésticos exigem a participação de todos. Mas, os direitos pessoais de cada um também precisam ser preservados. Consideração e respeito são necessários à boa convivência. E recomendável, por exemplo, que os membros da família se respeitem quanto à privacidade de cada um, pois os pertences individuais compõem um pequeno mundo bastante particular de cada pessoa; também que todos considerem a idéia própria de cada um: "cada cabeça uma sentença"; todos tem o direito de emitir a sua opinião e defender a sua idéia.

Portanto, é preciso saber (e aprender) a respeitar as diferenças, evitando agressões verbais e imposições autoritárias que ferem a individualidade de cada um. Na escola do lar, uns aprendem com os outros e crescem juntos, em comunicação franca, aberta, mas respeitosa (Ef 4.29).

4. COMUNICAÇÃO MÚTUA

Em casa, cada um deve se interessar pelo problema do outro, dispondo-se a ouvir, a compartilhar, sabendo concordar e discordar, visando sempre o bem-estar de toda a família. A realidade da comunicação doméstica se faz em ambiente de mútua confiança. Sem confiança o lar correrá sérios riscos. Por exemplo: filhos criados por pais que não confiam neles, crescerão inseguros; esposas que vivem desconfiadas, tornar-se-ão neuróticas; maridos ciumentos denunciam a sua insegurança, etc. Tudo isto tende a abalar a comunicação familiar, que precisa acontecer com bastante confiança mútua.
Também no lar, todos devem se dispor a ouvir. Comunicar não é apenas falar, mas também, e, principalmente, ouvir. Muitas vezes o que ocorre é o monólogo - apenas um fala e todos se contentam em ouvir. Há muitos que "tem ouvidos, mas não ouvem". E a Palavra de Deus apresenta vários textos que salientam a importância do silêncio para ouvir (Pv 10.19; 17.27,28; Tg 1.19).

Isto implica em ganhar o tempo uns dos outros, cultivando um diálogo construtivo com todas as pessoas da família. Mesmo as críticas (que sempre devem ser construtivas) implicam em uma análise com todos os envolvidos, de forma que cada um possa falar e ouvir. Então, é preciso perguntar: "Quanto tempo estamos dedicando à convivência familiar?

5. COMUNICAÇÃO AMOROSA

O amor é um dos principais ingredientes da comunicação. E preciso permear cada gesto, cada palavra, cada atitude, comunicando o verdadeiro amor. Muitas expressões bíblicas advertem quanto ao amor em todos os nossos relacionamentos (I Co 13.4-7; I Jo
3.18; 4.21). Também ensinou Salomão: "a resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira" (Pv 15.1). "Não se ponha o sol sobre a vossa ira" - recomenda Paulo (Ef 4.26). Ao invés de se comunicar com dureza, rancor e ira, em todos os relacionamentos deve haver uma comunicação de amor, que é a característica
dos discípulos de Jesus. No entanto, o amor não pode ser teórico; atos concretos expressam o amor entre os familiares: carinho, afeto, abraços e beijos; tempo, atenção, interesse, convivência, diálogo, doação, etc, são exemplos vivos que testificam a comunicação amorosa.

Certamente, tudo o que foi dito reveste-se de diretrizes cristãs e compõe a vida de amor e adoração. Em nossos relacionamentos podemos ou não estar cultuando o Senhor. E recomendável salientar a importância de se viver a vida de Cristo em nosso lar. Isto reforça a nossa comunicação familiar. A comunicação familiar pode, e deve ser, uma comunicação cristã. Tem sido assim em sua casa?

DISCUSSÃO

1. Os pontos abordados no estudo de hoje são parte da experiência de sua família? De que forma?
2. Em casa, a verdade deve ser dita em qualquer situação? Por quê?
3. Dizem que os meios de comunicação, principalmente a TV, interferem em nossa comunicação familiar. Se você
concorda com a afirmação, responda: "O que você tem feito em seu lar para corrigir esta situação?"

Estudos para a família Site: josiasmoura.wordpress.com

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

PARCERIA DE DIVULGAÇÃO :


VÍDEOS:

Loading...

CURIOSIDADES INTERESSANTES - OS SINAIS NO CÉU ( O importante são os FATOS ACONTECIDOS )

OS SINAIS NO CÉU:

- "... Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas." (Lc. 21,25)

> Asteroide atinge ponto mais próximo da Terra na noite desta terça
> Aurora boreal é flagrada no sul dos EUA e surpreende especialistas

> Fenômeno meteorológico cria arco-íris em torno do Sol em Brasília.

> Tempestades solares podem causar catástrofes mundiais.

> Asteroide gigante passará próximo da Terra em novembro, diz Nasa.

> Nasa captura gigantesca erupção solar.

> Imagens da Nasa mostram grande explosão solar.

> Raios já mataram 72 pessoas no Brasil em 2010.

> Cometa Hartley 2 está visível por binóculo no Brasil a partir desta 5ª

> Asteróide "perigoso" passará próximo à Terra em outubro.

> Lua está encolhendo como uma maçã velha, diz estudo da Nasa

> Chuva de meteoros é registrada em várias partes do mundo.

> Chuva de meteoros nesta quinta será espetacular, diz Nasa.

> Meteorito ilumina início de noite em São Paulo.

> Nasa capta imagem de erupção gigante do Sol.

> Meteoro cai e causa clarão em quatro estados dos EUA.

> Mar avança e ameaça residências em cidade de SC.

> Maré sobe 1,5 m e invade ruas e casas em Florianópolis.

> Índices de radiação solar atingem nível máximo em SP.

> Meteorito caiu em um consultório Medico nos EUA.

> Túnel de nuvens é fotografado em praia do Uruguai.

> Luz em forma de espiral é vista no céu da Noruega.

> Chuva de meteoros anual corta o céu dos EUA

> Maior eclipse solar do século só pode ser visto na Ásia

> Baixa atividade do sol intriga astrônomos.

> Asteróide passa de raspão pela Terra, afirmam astrônomos.

> Alinhamento de planetas: Aproxima-se a era de aquários?

> Cometas escuros seriam ameaça à Terra diz revista.

> Hubble fotografa supernova em galáxia anã próxima à Terra

> Colisão com asteróide gigante fez Lua girar 180 graus.

> Tríplice conjunção é o espetáculo celeste do ano.


FONTE - © Últimas e Derradeiras Graças